domingo, 26 de novembro de 2006

Stop Crying your heart out! Be yourself!

Do meu imenso arquivo musical, para o domingo desenterro OASIS. Se minha vida tivesse trilha sonora, a maior parte dos momentos felizes e importantes que tive dos últimos anos foram embalados pelas canções do OASIS.

Desde o show deles no finado Metropolitan, às viagens à Inglaterra. Da formatura em 2000 ao jogo da seleção em São Paulo. Para cada momento desses há uma canção do OASIS, que quando escuto, traz de volta todas as sensações que tive. O coração acelerado pela surpresa, os olhos brilhando de felicidade, enfim, sensações boas.
Não há nada no OASIS que eu desgote, aliás, somente o fato deles serem torcedores do Manchester City. Quem é o Manchester City quando se tem o Manchester United, o primo "rico" da cidade industrial de Manchester?
Frustrante pra mim foi ter ido à Inglaterra e não ter tido tempo de ir à Manchester. Há duas coisas lá que me interessam, pisar no chão em que o OASIS nasceu, e visitar o Old Trafford Stadium, o estádio do Man. United, time pelo qual em muitos anos torci enlouquecidamente. Mas ao expressar meu desejo de ir à Manchester, quase fui apedrejada em praça pública. Manchester para ver o que? Nevoeiro, fumaça das chaminés? Fui rapidamente demovida da idéia, sem mesmo ter seriamente considerado levá-la adiante. Acabei voltando apenas com uma miniatura do Old Trafford, que guardo com carinho. Hoje, torço para o Chelsea, de Londres. Mas o Man.United permanece em my heart.


Voltando ao Manchester, no primeiro mundial de clubes da Fifa em 2000, eles vieram aqui e foram derrotados pelo Vasco. Ah, eu estava lá. Quando me lembro que vi ao vivo e a cores o Ryan Giggs no meu país, eu tenho que sorrir mesmo por muitos anos. Sou fã de carteirinha desse rapaz assaz rebelde, mas que bate um bolão. Uma pena ser galês, pois sua seleção nacional é bem fraquinha e não joga uma copa há tempos, se é que já jogou alguma.
Bem, para finalizar, não há além do Simple Minds outra banda que me faz voltar à Inglaterra como o OASIS. Não há nada mais inglês "rebel yell" como OASIS.
Lendo a música, penso que devo mesmo deixar de reclamar de muita coisa, pois tenho tantas outras de valor inestimável que me fazem feliz, e que me fazem triste também, pois na vida não há alegria sem tristeza. That's what life is all about!

Hold up
Hold on
Don't be scared,
You'll never change what's been and gone
May your smile, (may your smile)
Shine on, (shine on)
Don't be scared, (don't be scared)
Your destiny may keep you warm,

'Cause all of the stars,
Have faded away
Just try not to worry,
You'll see them someday,
Take what you need,
And be on your way and
Stop crying your heart out

Get up, (get up)
Come on, (come on)
Why you scared? (I'm not scared)
You'll never change what's been and gone

'Cause all of the stars,
Have faded away
Just try not to worry,
You'll see them some day,
Take what you need,
And be on your way and
Stop crying your heart out

'Cause all of the stars,
Have faded away
Just try not to worry,
You'll see them someday.
Just take what you need,
And be on your way and
Stop crying your heart out

We're all of the stars,
We're fading away.
Just try not to worry,
You'll see us someday.
Just take what you need,
And be on your way and
Stop crying your heart out... [4x]