terça-feira, 6 de março de 2007

Battle Field

Futebol? Liga dos Campeões? Teve bola rolando hoje nos gramados europeus? A resposta é sim, melhor, mais ou menos. Uma rápida olhada nas manchetes dos esportivos italianos e brasileiros, e me assusto com o que leio. Na ESPN Brasil não se fala em outra coisa. Pancadaria e coisas afins fizeram parte hoje do espetáculo oferecido ao público da TV e dos estádios. É A de parar e ficar estarrecido mesmo!
Me diga uma coisa, gente morrendo nos estádios, nas ruas, nas favelas, e os jogadores de futebol se batendo, degladiando em campo. Perfeito e excelente exemplo a ser seguido pelos craques do futuro e pela sociedade. Qual é a punição aplicada aos brigões? Assim não há campanha anti-violência que ajude. Imagine o torcedor que vai querer colocar para fora suas frustrações, neuras e seu mais puro instinto de preservação da espécie. Já encontrou no estádio o lugar mais apropriado para descarregar tudo isso e muito mais. Alguém vai dizer para ele o contrário?
A triste coincidência é que duas equipes italianas estavam envolvidas nos tumultos. Uma delas, a Inter de Milão, que foi a Valencia, Espanha, tentar reverter um resultado desfavorável. A outra, a Roma, que viajou até Lyon na França em busca de um empate heróico que a madaria direto para as quartas-de-final da Champions.
De ambas, a Roma se salvou. A classificação que parecia difícil foi conseguida com um rotondo 0-2! Entretanto, Chivu, do time da capital da Bota, saiu de campo ensanguentado depois de levar uma "sutil" cotovelada de... Fred, um brasileiro, que dizem por aí, joga como atacante no time francês.
Na partida da Inter a coisa foi mais patética ainda. O que começou no gramado, ainda no primeiro tempo, terminou nos vestiários. Tudo isso via satélite, para o mundo ver. Parecia que o Iraque tinha contrariado as leis geográficas e se mudado para lá. Só se via gente correndo atrás de gente, chuta aqui, chuta ali. Justiça seja feita, não foi a Inter que começou, mas responder à provocação adversária não deveria fazer parte do dicionário "boleiro". Então, o time italiano está tão errado quanto o espanhol, que desde o round inicial, já pensava no nocaute.
Homens são homens. Quando tem que brigar, o espírito da valentia e o desejo animalesco de querer destruiur o outro com um único golpe desferido é horripilante. Quanta babaquice vestindo calças, e/ou shorts!

----------
Abro um piccolo parêntesis para dizer que tudo que havia apostado nesses jogos foi por água abaixo. Não apostava na Roma, vide um dos posts, e apostava na insuportável Inter. Apostei no Barça e deu Liverpool. Havia dúvida entre Porto e Chelsea e os blues venceram.
Deixei a simpatia de lado...e para contrariar, me dei mal! A Champions va avanti com Valencia, Chelsea, Liverpool, Roma e, se Deus quiser, amanhã com o Arsenal e o Celtic. O resto...deixa pra lá... blá...blá...blá...!