domingo, 13 de maio de 2007

Nem dormindo eu me esqueço...

A Sampdoria Primavera consegue me dar muito mais alegrias do que o time principal. Isso até hoje, porque daqui pra frente imagino que só por ter falado deles...

A vitória nos pênaltis contra a Juventus, detentora do título da categoria 'Primavera' dá aos 'ragazzi doriani' a chance de jogarem a semi-final do torneio. Semana passada venceram a Lazio e hoje a Juve. E pensar que no ano passado 'nosso' treinador atendia pelo nome de Attilio Lombardo, ex-de causa, que deixou saudades quando foi defender por algumas temporadas a própria 'Vecchia Signora'.

Já o time principal, com a derrota para o Livorno lá na Toscana, dá adeus à possibilidade de entrar na Coppa UEFA na próxima temporada. Sabe aquela sensação de vazio que te dá quando a ficha cai... Até ontem, em uma entrevista, Beppe Marotta apostava na participação da Samp na Coppa Intertotto, que dá acesso a UEFA, com partidas preliminares. Em 24 horas foi tudo pelos ares. Quem deve achar graça dessa vitória é o Simone Pavan, que hoje está no Livorno: 'Una piccola vendetta' derrotar seu ex-time.

E como não poderia deixar de ser, Castellazzi merece mais uma vez o 'troféu limão' do futebol por ter definitivamente azedado a temporada da Sampdoria. Defendeu um chute de um jogador do Livrono deixando a bola livre para Antonio Filippini marcar o gol da vitória do time da casa.
Fico a pensar como teria sido a temporada da Sampdoria sem:

  • o doping do Flachi
  • a enésima contusão de Bonazzolli
  • as trapalhadas de Castellazzi
  • os desatinos de Berti, o goleiro substituto
  • os pênaltis cometidos por Falcone & cia.
  • os lamentos sem fim de Novellino
  • as infinitas derrotas (14)
  • os empates (10) a 'pareggite' da Inter 05/06 chegou a Genova
  • a presença do Bazzani em campo
  • a minha torcida, porque eu sou pé-frio! E torcedora assim, nenhum time merece! E time assim, nenhuma torcedora merece!
------