sábado, 30 de junho de 2007

Uncle Tom's Cabin by Warrant



'I know a secret down at Uncle Tom's Cabin
I know a secret that I just can't tell...'

Indo ao 'Warrent', banda que canta a música do post. Americanos e legítimos representantes do que era chamado de 'posers'. Bandas cujos membros usavam uma tonelada de maquiagem, cabelos despenteados e longos, unhas pintadas ou então faziam pose de 'bad boys' para chamar a atenção. De talento, quase nada, salvo raras exceções. Muita guitarra para disfarçar e caras e bocas nos vídeos. Faz parte desse seleto grupo bandas como 'Poison', 'Motley Crue' e 'Bon Jovi', que se adocicou e virou ícone nos anos 80/90. Já essas outras, só apareciam pelas excentricidades ou porque seus músicos saíam por aí aprontando de tudo.

Existe um romance clássico da literatura americana chamado 'Uncle Tom's Cabin' de Herriet Beecher Stowe (1852). A música teve o título inspirado nele, embora a estória não esteja de acordo. O livro retrata o período de escravidão na América do século 19 e os problemas ocasionados no país por causa de práticas racistas, principalmente no Sul agrícola. O romance na época, só não vendeu mais do que a Bíblia. Há quem sustente a tese de que o livro provocou tanto impacto na sociedade americana, que é considerado um dos fundamentos para Guerra Civil Americana.

Já a música narra a estória de uma testemunha de um duplo crime em que há o envolvimento de policiais. Ao contrário de muitos vídeos, esse procura realmente mostrar o que a letra da música fala. Como um filme mesmo. E na minha opinião, vídeos assim são os mais interessantes. É como se você estivesse de posse de um livro cujas páginas tenham sido musicadas.

quinta-feira, 28 de junho de 2007

Entre Dois 'Rios'

Nessa semana passei por algumas experiências contrastantes para quem mora no Rio de Janeiro e tem que atravessar a cidade para trabalhar. Como eu, são inúmeras as pessoas que em algum momento já pararam para pensar no quão contraditória é a vida na chamada 'Cidade Maravilhosa'. Uma cidade que oferece vistas lindas, como o Pão de Açúcar e que, ao mesmo tempo, mostra estampado nas primeiras páginas dos jornais uma mulher sendo carregada após ter sido atingida por uma bala perdida.

Na segunda-feira, ao chegar em uma das escolas em que trabalho, via rostos assustados, tensos. As pessoas transpiravam medo e em silêncio, expressavam a vontade de não estar ali. Na Ilha do Governador, bairro como muitos do Rio cercado por favelas, de uns tempos pra cá, as coisas mudaram. Naquela manhã um tiroteio entre bandidos e policiais deixou o bairro em alerta. Uma delegacia havia sido metralhada e tiros eram ouvidos nos arredores ainda no início da tarde. Por conta desse clima de incertezas, a escola optou por fechar mais cedo. Fiquei aliviada. Só que para mim, morando fora da Ilha, o 'tormento' não acabaria ao sair de lá. Se pensar bem, o de ninguém acabaria.

No caminho de casa pensava novamente em como estamos cercados pelo perigo, mas não é só isso. Saímos para trabalhar sem saber o que nos aguarda. Longe de mim ter pensamentos negativos. Minha mãe, que está longe, sente cólicas quando vê os noticiários. Eu há muito deixei de vê-los. Escolho o que quero assistir por opção, para não entrar no clima. Entretanto, é impossível não pensar em certas coisas.

Hoje pela manhã, saí para andar por aí. Um dos locais que acho mais carioca é o 'Camelódromo' da Uruguaiana. Ali encontramos de tudo. O mais atraente, lógico, são os preços dos produtos. Você encontra o shopping da Zona Sul, sem a marca. E mais, conhece de perto o dia-a-dia de pessoas que lutam para garantir o sustento delas e das suas famílias. Infelizmente, dessas pessoas, pouco se fala.

Há o vendedor de pilhas que ao te ver, já sabe o que você vai comprar. Apenas espera pela confirmação. Na sua mão já está o pacote pronto para receber o produto recém adquirido. Ao lado, o vendedor de cds. Sorrindo, te mostra com atenção todas as variedades de embalagens para os discos e explica a diferença entre as cores deles, o prata, o azul, o ouro... Paciente, repete os preços duas, três vezes. Parece não se importar. Cumprimenta o 'compadre' da loja do lado e fala ao celular, e não te perde de vista. E há ainda as infinitas lojas em que você compra os últimos lançamentos em DVD ou CD e recebe um cartão fidelidade. Tipo, depois de 10, você ganha um à sua escolha, inteiramente grátis!

Ao entrar no ônibus, o motorista sorri e te deseja um bom-dia. O mesmo faz a trocadora, que a cada passageiro, repete o mesmo gesto. Não estamos mais acostumados com tanta gentileza, não é mesmo? Algumas pessoas passam por ela e nem a olham. Mesmo assim, ela não desiste. Passa um, outro, mais outro, enfim, incontáveis saudações, que com certeza vêm de alguém que as fala de coração.

Já no Flamengo, a moça que vende coco gelado te oferece um. Te dá o banco para sentar. Comenta sobre o movimento, sobre o 'veranico' carioca e claro, no dia seguinte do fiasco do Brasil na Copa Amércia, fala mal do Dunga! Na banca de jornal, uma rápida (?) conversa que demora 20 minutos. Zé, o fiel jornaleiro da Senador, quando vê um cliente 'habitué', já vai logo pegando o jornal e a revista que ele lê. Oferece bala, um copo d'água... Pergunta da mãe, do pai, do cachorro, do papagaio, da vida. E adora uma prosa. Se for falar de futebol então... Com o Botafogo bem no Brasileirão ... o assunto rende...

É isso. Os dois lados de uma cidade que para mim continua sendo 'maravilhosa' e resiste, e como, aos desmandos dos seus governos e à ordem imposta por criminosos. Parece até lugar comum escrever sobre isso. Será que é mesmo? Eu gosto do Rio com todas essas contradições. Aprendi a gostar e respeitar o jeito 'carioca' de ser e há quem diga que já me transformei em uma. Já incorporei o 'carioquês' na minha vida. O que posso desejar é que o Rio reencontre seu brilho e se não for sonhar muito, que um dia eu e todos que aqui vivem, possam acordar em uma cidade livre das coisas más e refém somente do amor e da compaixão.


Fotos: terrabrasil.org.br / olhares.aeiou.pt

quarta-feira, 27 de junho de 2007

Me empolguei

Embora não muito conformada com a lista da VH1, com a presença de algumas bandas que de metal não tem nada, como Faith No More, chego à conclusão de que algumas coisas realmente se encaixaram bem no contexto.

Bandas como AC/DC e Black Sabbath são verdadeiras jóias produzidas pelo cenário musical 'aussie/english'. Só mesmo os aristocráticos ingleses par servirem de inspiração para músicas de metal. Um mundo tão conservador e metódico foi capaz de produzir tudo isso, sem afetação e em alto e bom som. É a América também tem seus méritos. Poucos, na minha humilde opinião.

Alguns postos da lista:
31 - Scorpions: Rock you like a hurricane
Se mama me ver escutando isso nas férias... ela vai enlouquecer e certamente vai pensar, 'minha filha ainda não cresceu ou então tá regredindo!'

24 - AC/DC: Dirty deeds done dirt cheap
Essa, ao vivo no DVD do Monsters of Rock em Donington Castle é imperdível!

21 - Guns'N'Roses: Paradise City
O refrão era gritado por mim e pela amiga de metal Carolina:
'Take me down to the paradise city
Where the grass is green
And the girls are pretty
Oh, won't you please take me home...'
Dizíamos que nós éramos as 'pretty girls!' Quanta afetação!

11 - Megadeth: Peace Sells
A cara do Dave Mustaine. 'Peace sells...but who's buying it?' E tem gente que o acha sem graça... Pra mim, Dave Mustaine revela nas letras que ele escreve uma sensibilidade muito grande. Pena que sua banda nunca conseguiu fugir do estigma de concorrente do Metallica.

4 - AC/DC: Back In Black
De novo? AC/DC é tudo! A música foi feita em homenagem ao vocalista Bon Scott. A banda voltava em 1982 após a morte dele, com um novo vocalista, que permanece até hoje, Brian Johnson. Mas o retorno era de luto, por isso 'O retorno de preto'. Se pudesse, eu colocava aqui todos os vídeos do AC/DC!

1 - Black Sabbah: Iron man
Eu acho essa música muito muito chata. Colocaria uma que é a cara do Ozzy Osbourne, 'Black Sabbath'. Olha só:
'Is it the end my friend?
Satan's coming 'round the bend
People runnuin' 'cause they're scared
The people better go and beware
No, no, please, no!'
Como meu protesto, é esse o video que coloco aqui!




You've Got Another Thing Comin'

Essa garimpei do fundo do baú. Judas Priest. Neste fim de semana, assistindo ao ótimo canal VH1 de vídeos e costumes musicais, vi verdadeiras preciosidades.

Assisti ao programa ' 40 Greatest Heavy Metal Songs' apresentado por Sebastian Bach, aquele louraço do Skid Row... Como o tempo passa e ele continua a mesma beldade... Desculpe gente, não pude evitar o comentário. E com a mesma voz rouca e charmosa, sem claro, os gritinhos extravagantes pelos quais ficou famoso.

Além de visto AC/DC, Iron Maiden, Black Sabbath, Scorpions e Alice Cooper, o video da música 'You've got another thing coming' me remeteu novamente à época da MTV e um porgrama chamado 'Rock História' em que era narrada a epopéia de fama e glória de artistas e bandas de expressão da década de 80/90. Hoje sei que no Brasil o programa nem é mais exibido e desconheço sua exibição nas MTVs pelo mundo afora.

Enfim, essa canção mais 'hard rock' que metal era uma das que constava no 'Rock História' e não poderia, segundo o programa, faltar na cdteca de nenhum apreciador do gênero. Olhem a data: 1982!

quinta-feira, 21 de junho de 2007

Strangest Party - INXS Part II

Esse vai pelo visual 'Gothan City'. Um vídeo muito bem feito. Um dos últimos sucessos da banda em termos radiofônicos e paradas da MTV e VH1.


Welcome to the strangest party baby
It's like we're staring at the sun
Everybody's got their invitations
Hopin' that you're gonna come yeah
These are the times
Times
These are the crimes
Crimes
What are we waiting for
What are we hating for

You're part of the solution
Or part of the problem
You're gonna have to dance with one
You're giving up on
The future honey
I'll count you out of having some

Here comes the rain
Yeah here comes the rain yeah

These are the times
These are the crimes
What are we waiting for
What are we hating for

Wash away the rain yeah
Into the blue sea yeah

These are the times (2x)

Beautiful Girl - INXS Part I

Estou na fase INXS. Já dura umas três semanas. De manhã, à tarde, à noite, no Mp3. Uma quantidade de músicas que deve deixar a vizinhança louca. Mas eu nem ligo... Eu canto, e sigo em frente.

Difícil escolher um vídeo do INXS que fuja das tradicionais 'New Sensation', 'Never tear us apart', 'By my side', 'Need you tonight'. Esse pequeno filme de 'Beautiful girl' fala da obsessão pelo corpo perfeito, da modelo bonita, mas que não necessariamente é saudável. Tanta gente diferente. Bonita, feia, elegante, brega, com aparelho, nariz grande, gorda, magra... Afinal, o que é ser bonito(a)? É mostrar como se é, ou fingir ser o que não é? Afe, olha eu filosofando de novo...

A música pode não ter sido um sucesso, mas tem um ritmo legal e elementos que caracterizam a banda, como o solo de saxofone que confere ao INXS um charme especial, diferente das outras bandas pop da sua época. Faz parte do álbum, 'Welcome to Wherever You Are', pra mim, o mais perfeito sonoramente. Nele, a banda incorpora ao seu já conhecido repertório, guitarras, gaitas e violões. O álbum não vendeu muito. Parecia que a banda já havia esgotado sua criatividade para fazer hits de rádio. Talvez por isso, se ouvido atentamente, esse álbum revela surpresas. E das boas. Não tem uma música que seja chata de escutar, que te dê vontade de apertar o 'ff'.

É lamentável que Michael Hutchence tenha colocado fim à sua vida. Ele era pop, muito pop. Tinha um estilo próprio, roupas coloridas, calças colantes, cabelos soltos, e um sotaque... Depois dele, a figura 'pop star' deixou de ser sinônimo de rebeldia somente e misturou-se a elegância e estillo. Ele namorou até a Kylie Minogue. Mesmo com tudo aos seus pés, parece que o lado mais obscuro de sua personalidade começou a aflorar. Suicidou-se em um quarto de hotel, quando estava sozinho em Sidnei em 1997.

quarta-feira, 20 de junho de 2007

Still searching for something...Don't know what...

É essa a versão mais bonita... A do cd 'Rattle and Hum', ao vivo.



'I have spoke with the tongue of angels
I have held the hand of the devil
It was warm in the night
I was cold as a stone

But I still haven't found
What I'm looking for
But I still haven't found
What I'm looking for'

segunda-feira, 18 de junho de 2007

Profissão: bomber II


Com o fim do campeonato espanhol ontem, a disputa pela chuteira de ouro na Europa, chegou ao seu derradeiro capítulo... 'final'.

A saber. Na disputa estava ainda Ruud Van Nistelrooy, artilheiro do Real Madrid e do 'Campeonato das Estrelas' com 25 gols. À frente dele, figurava Franceso Totti, artilheiro da Roma e do Campeonato Italiano da temporada com 26 gols.

Uma disputa emocionante, pode-se dizer. O atacante holandês, de nome Rutgerus Johannes Martinius van Nistelrooy, já em sua primeira temporada na 'Liga', sagra-se artilheiro. Na partida de ontem, no Bernabeu, contra o Maiorca, ele saiu de campo ainda no primeiro tempo devido a uma contusão. O italiano ficou então sem concorrência.

Agora, o assunto ainda gira em torno da ida ou não de Totti para a Nazionale. Nunca vi novela tão longa como essa. Já meteram a colher todas as pessoas possíveis e imagináveis. Primeiros -ministros, presidente da UEFA, da Lega Calcio, o Donadoni, Gigi Riva, só para mencionar alguns. E o Totti nada!

Mas por ser italiano, merece uma homenagem. A Italia pelo segundo ano consecutivo tem o artilheiro dos Campeonatos Europeus. Ano passado, Luca Toni e neste ano Totti! Viva o Calcio!!

Foto do post: Gazzetta.it - 'esultanza bebê Cristian'

La vida es llena de sorpresas...mire Madrid

Los campeones españoles en Madrid, la ciudad del fútbol en España...

'De las glorias deportivas, que campean por España
va el Madrid con su bandera,
limpia y blanca que no empaña.
Club castizo y generoso, todo nervio y corazón,
veteranos y noveles, veteranos y noveles,
miran siempre sus laureles con respeto y emoción.

¡Hala Madrid!, ¡Hala Madrid!
Noble y bélico adalid, caballero del honor.
¡Hala Madrid!, ¡Hala Madrid!
A triunfar en buena lid, defendiendo tu color
Hala Madrid!, Hala Madrid!, Hala Madrid!

Enemigo en la contienda, cuando pierde da la mano
sin envidias ni rencores, como bueno y fiel hermano.
Los domingos por la tarde, caminando a Chamartín,
las mocitas madrileñas, las mocitas madrileñas
van alegres y risueñas porque hoy juega su Madrid

¡Hala Madrid!, ¡Hala Madrid!
Noble y bélico adalid, caballero del honor.
¡Hala Madrid!, ¡Hala Madrid!
A triunfar en buena lid, defendiendo tu color
¡Hala Madrid!, ¡Hala Madrid!, ¡Hala Madrid!'
(Hino Real Madrid)

Foto do Post: Montagem Lady de Gazzetta.it

domingo, 17 de junho de 2007

Profissão: MacGyver fan

E a vida de Lady Veronese volta a ter um colorido todo especial. Novos truques, novas manias... O herói de carne e osso que tanto adorava quando criança, agora em diferentes versões, em diferentes temporadas. Yeah!

Salve MacGyver!

A música para acompanhar o post não poderia ser outra que "Tom Sawyer" do Rush. E a vinheta: 'Rede Globo apresenta... Profissão: Perigo!'

sexta-feira, 15 de junho de 2007

Take a Picture by Filter

Ótimo fim de semana para todos!! Bjs



Apesar de ser banda de rock, essa é boa para movimentar o esqueleto sexta-feira à noite

quarta-feira, 13 de junho de 2007

O 'Dia do Fico' em Gênova

Sabe, ando meio sem assunto. Tudo muito monótono, sem graça. A única coisa que me faz ficar mais agitada é saber as novidades do 'mercato' da Sampdoria. Sei que de lá novidades podem surgir do nada. Agradáveis ou não, sempre tem algo pra deixar meus cabelos em pé.

A primeira delas me deixou animada, menos mal. Giulio Falcone, aquele expert em cometer faltas dentro da área e deixar alguém aqui louca da vida, finalmente arrumou suas malas e partiu para bem longe do mar da Ligúria. Seu destino? O Parma. Pobre Gianni. Ele vai sofrer daqui pra frente... Eu já dizia isso pra ele, mas ele não acreditava.

Depois, a renovação do o Fabio Quagliarella. Ele conseguiu a proeza de me fazer esquecer do Capitano Volpi. Vê que nem falo mais nele... Bem, a Udinese e a Sampdoria chegaram a um acordo para a renovação do empréstimo do napoletano. Pelo menos até dezembro ele fica na Samp. Portanto, meus domingos de Serie A continuarão a ser mais alegres.

Daqui há três semanas todos se reencontram em Gênova para o início da pré-temporada. E tem a Coppa Intertotto em julho.

Então, para não dizer que não falei das flores/rosas, sei lá .... 'Lui rimane con noi!'

Foto do post: sampdoria.it

segunda-feira, 11 de junho de 2007

The King and Queen of 'The City of Lights'

Nesse ano o torneio se caracterizou por ser o Grand Slam de 'repetições'. A belga Justine Henin sagra-se campeã pela quarta vez (2003/05/06 e 07) e o espanhol Rafael Nadal vence seu terceiro título seguido (2005/06/07). Haja lugar nas prateleiras desses dois para colocar as taças.

E bem que eu falei da Champs Élysées....

É impressionante como esse torneio mexe comigo. Eu fico 'blazé' quando vejo os jogos na TV. Paris, na minha opinião, não combina muito com esporte, mas até na hora de escolher o lugar pra tirar as fotos, os franceses são elegantes. Uma tendo ao fundo o 'Arco do Triunfo' e a outra a 'Torre Eiffel'.

Que venha a graminha verde e o ar aristocrático dos ingleses, os uniformes brancos dos tenistas, os dias intermináveis de chuvas de verão e por fim: game, set and match to Mr./Miss...

Fotos do post: rolandgarros.com e terra.com.br

domingo, 10 de junho de 2007

Roger - Rafa: Chi vince?

'Allons ! Enfants de la Patrie !

Le jour de gloire est arrivé !'

É hoje a grande final de Roland Garros... Já vai começar...

Terra do bom vinho, dos cafés da Champs Élyseés, do Louvre e dos perfumes...

E Gustavo Kuerten aparece na TV, exatos 10 anos depois de ter conquistado o primeiro dos 3 títulos dele no torneio mais charmoso da temporada. Caramba, ainda me lembro desse dia! Que emoção. Será que ele entregará o troféu ao vencedor?
Suerte a todos!

Foto: Gazzetta.it

quinta-feira, 7 de junho de 2007

Sorride felice, Quagliarella! Sorride felice, Lady!

Disse-me um aluno ontem à tarde, " teacher, quando tem jogo da Italia, você fica sempre mais sorridente!" E eu mal sabia o que estava por vir...

Tenho que aproveitar e jogar muitos confetes em cima do bomber da 'minha' Sampdoria, representante único 'blucerchiato' na 'Nazionale' de Donadoni. Hoje, em sua primeira partida jogando como titular, 'Qualhada' teve seu dia de Inzaghi e marcou logo de cara dois gols... Como assim não ficar feliz? Não sorrir? E tem gente que ainda pergunta por aí: 'Quaglia quem??'
- Muito prazer! Meu nome é Fabio Quagliarella... E eu sou matador. Faço gols de tudo que é jeito, mas gosto mesmo é de ver minha torcida feliz.

Só consigo pensar em uma coisa: eu preciso visitar Nápoles. Eu tenho que conhecer esse lugar. Val, menina, vamos para Nápoles em janeiro? Lá tem sol e praia nessa época.

E hoje, dia seguinte de sua 'superba' prestazione', Fabio esteve presente na inauguração da 'campagna abbonamento' da Sampdoria para a próxima temporada. Estava acompanhado de babbo e mamma. A temporada mal acabou e já estão vendendo os ingressos da próxima. Igualzinho aqui no Brasil. Uma organização só.

Fotos do Post: Gazzetta.it e Sampdoria.it

quarta-feira, 6 de junho de 2007

Break It Down Again By 'Tias Fofinhas'



Bom feriado para todos!

terça-feira, 5 de junho de 2007

Lady felice!! Part II

Oba... minha adorada Sampdoria tem novo treinador!! O nome do momento é Mister Walter Mazzarri.
Espero que meus dias de torcedora sofredora cheguem ao fim em breve...

Mazzarri chega a Sampdoria junto com seu staff de colaboradores, e afirmou em entrevista que os pilares do time são Palombo, Fabio Quagliarella, se a Udinese colaborar! e... adivinhem? ... Sergio Volpi. Isso se o capitano não mudar de idéia e ir atrás do seu 'mestre mandou' Novellino.

Olha a música do Roxette embalando o post de novo! 'It's a bright June afternoon and it never gets dark...'

Foto do post: Sampdoria.it

segunda-feira, 4 de junho de 2007

Regret by New Order



Pergunto: Onde foi gravado o clipe?

'I would like a place I could call my own
Have a conversation on the telephone
Wake up every day that would be a start
I would not complain of my wounded heart'

domingo, 3 de junho de 2007

Ed Arriva Giugno

Com junho chega a chuva, que eu tanto adoro. Chove em junho por aqui? Sabe que eu nunca reparei. Só sei que está um friozinho muito gostoso. Os filmes debaixo das cobertas, o capuccino quentinho e a companhia dos livros que tanto me agradam. Completamente ao contrário do que a música do Roxette fala. Para os europeus, o mês coincide com a proximidade do verão. Por lá todos eufóricos... Observe como o clipe é super colorido, pessoas sorrindo, mandando beijos. E olha, o Roxette é da Suécia!



Didn't I tell you everything is possible
in this deja vu?
Try the river boat, the carousel,
feed the pigeons, Bar-B-Q.

Look at all the people, happy faces all around
Smiling, throwing kisses, busy making lazy sounds

It's a bright June Afternoon, it never gets dark
Wah-Wah! Here comes the sun
Get your green green tambourine, let's play in the park
Wah-Wah! Here comes the sun

Some folks are on blankets, slowly daydreaming
And reaching for their food
Let's go buy an ice-cream
And a magazine with an attitude

And put on a cassette, we can pretend that you're a star
Cos life's so very simple, just like la-la-la

It's a bright June Afternoon, it never gets dark
Wah-Wah! Here comes the sun

Get your green green tambourine, let's play in the park
Wah-Wah! Here comes the sun

There's a painter painting his masterpiece
There's some squirrels jumping in the trees
There's a wide-eyed boy with a red balloon
All my life I've longed for this afternoon
(Roxette - June Afternoon)