quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Champions League

Na próxima semana, inicia-se nos gramados europeus a disputa da UEFA Champions League, torneio que reúne os grandes clubes do velho continente.

Durante os próximos sete/oito meses, para nós do Brasil, as ESPN mostrarão ao vivo os jogos em que os grandes craques do futebol mundial mostram sua arte, seja para nos fazer vibrar, seja para nos irritar quando aquele lance não dá certo e o gol não sai.

A presença dos grandes esquadrões está garantida, exceto pelas ausências de Bayern de Munique, que vai disputar a Coppa UEFA e da Juventus de Turim, que tendo disputado, e vencido, a Serie B da Itália, fica de fora do torneio nesse ano. Times como Milan, Real Madrid, Chelsea, Manchester United, Internazionale, Porto, Barcelona, Lyon, Lazio, Sporting, Valência, Werder Bremen, Celtic entre outros, disputam a partir de terça-feira, dia 18, o troféu de Campeão de Clubes da Europa.

Dentre algumas coisas para lá de infelizes, a pobre Roma terá que enfrentar o Manchester United duas vezes só na etapa de grupos. Aquele 7 gols ainda devem pesar na cabeça dos 'gladiatori'. Enquanto isso, o campeão Milan, com a sorte grande, caiu em grupo teoricamente fácil: junto com o Shakhtar Donetsk, Benfica e Celtic.

A Sampdoria? Não, obrigada. Ainda não chegamos lá. Mas, quem não tem Champions League, vai de Coppa UEFA. Quero dizer, ainda há dois jogos para se chegar à fase de grupos. O problema se chegarmos lá são os alemães... Já pensou se cairmos no grupo deles? Mas o post não é sobre a Samp, certo?

Destaco algumas curiosidades da Liga dos Campeões:

  • 32 clubes, dividos em 8 grupos de 4 cada um;
  • Itália e Espanha são os países com o maior número de títulos, 11;
  • O Milan, campeão de 06-07 já faturou o troféu bem 7 vezes. Só perde para o Real, como bem diz o nome, nobre e vitorioso bem 9 vezes;
  • Paolo Maldini, jogador do Milan, fez até agora 148 partidas, todas com a 'maglia rossonera';
  • Alex Fergunson, o 'Sir' escocês dos ingleses de Manchester, dirigiu seu time por 184 jogos. Aliás, desde 96-97, o United participa da Liga seguidamente;
  • Bob Paisley, treinador do Liverpool é o mais vitorioso dos 'misters'. Venceu a liga 3 vezes (77,78 e 81);
  • Gento López, jogador do Real Madrid conquistou a Liga 6 vezes (56,57,58,59,60 e 66) e é seguido de perto por Maldini, o 'inoxidável rossonero' que venceu até agora 5 vezes. Percebeu o até agora, não?
  • Carlo Ancelotti e Miguel Muñoz venceram a liga como atletas e como treinadores, atuando por Milan e Real Madrid, respectivamente;
  • Raúl González Blanco, atacante dos 'galacticos' é o mais prolífico artilheiro, tendo balançado as redes 56 vezes, uma a mais que o ucraniano Shevchenko, seguido de perto pelo Rudd Van Nistelrooy, hoje no Chelsea, com 53 gols!;
  • Dos italianos, Inzaghi, do Milan (de novo Milan!) aparece com 40 gols. Del Piero, com 38. Se Alex tivesse jogado no ano passado...;
  • Dos brasileiros, Rivaldo encabeça a lista com 27 gols e empatados em segundo lugar Élber, o paranaense, ex-bavário e Jardel, a quem os vascaínos devem um título, com 25 gols. Kaká está chegando, tem 21!;
  • Clarence Seedorf venceu a liga atuando por 3 clubes diferentes: Ajax em 95, Madrid em 98 e Milan em 2003 e 2007;
  • Na história da Liga, foram 4 os 'derbies' jogados. Atlético de Madrid X Real Madrid (58-59), Inter X Milan (02-03), Chelsea X Arsenal (03-04), Inter X Milan (04-05);
  • Em 2 ocasiões, a disputa na final reuniu times do mesmo país: Real Madrid e Valência duelaram na temporada 99-00, Milan e Juventus foram os finalistas de 02-03.

Esses são os bons. Agora há também uma coisa que se chama derrota. E nesse quesito, Kosice, Fenerbahçe, Spartak Moscou, Bayern Leverkusen, Anderlecht, Rapid Viena e Levski Sofia se destacam porque na fase de grupos, eles conseguiram sair da competição perdendo todos os seus jogos. No total, 6 derrotas! Pobre torcedor...

E para finalizar: Marcello Lippi, o Paul Newman do futebol, disputou 4 finais (96,97,98 e 03). 'Poveretto', só venceu uma, a de 96 lá no Estádio Olímpico de Roma, contra o Ajax, e bem ao estilo italiano: na disputa de pênaltis! O 'castigo' veio em 03, quando a Juve perdeu para o rival Milan... nos pênaltis.

Enfim, percebi em minha rápida pesquisa que a Champions é um grupo seleto de clubes. São sempre os mesmos que aparecem nos 'stats', seus jogadores são os mais bem pagos, seus treinadores são os mais valorizados e nós é que somos privilegiados em poder seguir tudo isso. Que venha a 'Champion dos Champions'!


Eu aposto na repetição. Afinal, para que mudar o que está bom!


Dados: Guia dos Europeus da Revista Placar e Arquivo Pessoal