domingo, 23 de setembro de 2007

'Doppiette' Days

Foi a rodada das 'doppiette'. A começar no sábado com sempre ele, Alberto Di Natale, que com seus dois gols ajudou a Uidenese a conquistar três pontos no confronto contra a Reggina no Friuli. Como se não bastasse, seus gols a favor da combalida Nazionale, Totó festeja da melhor forma sua 100ª partida com a camisa da Udinese. Para quem há um mês atrás corria risco de ficar fora do time, em 20 dias uma recuperação espetacular. Quagliarella? Ah, sim, continua jejuando. Quem sabe ao retornar ao Marassi nessa quarta-feira, ele reencontra o caminho do gol?

Na partida Juventus-Roma teve de tudo. Inclusive pênalti perdido por Del Piero. A bola foi parar em Conegliano, sua cidade natal. Lá em Vêneto... O confronto anunciado foi até agora o melhor da Serie A. A Roma pecou somente por não liquidar o embate quando pôde. Jogou melhor. Resultado, a Juve chegou ao empate. Para a Juve, Trezeguet anotou seu tento de número 100 na Serie A. Todos 'bianconeri'. Jorge Andrade sai de campo machucado. Ele tem fãs por aqui. Estava em todas as bolas. E Birindelli, que entrou em seu lugar, se comprometeu semana passada, até que hoje deu pro gasto. Iaquinta fez o que se espera da um bomber. Marcou seu gol, sacramentando o empate. Totti marcou os dois gols do time da capital. Você repaprou que na braçadeira dele de capitão estava escrito o nome de sua filha, a Chanel? Você reparou que na tribuna do Olímpico sentava um certo American, Spike Lee? Você percebeu que D. Illary Blasi, a primeira dama do futebol romano, também marcou presença? No fim, um clima para lá de amistoso entre os atletas em campo. E viva o futebol bem jogado!


Ibrahimovic não marca gols na Champions há um bom tempinho, mas no campeonato voltou a marcar hoje. Também duas vezes. Deu o empate para a Inter que começou perdendo do Livorno. Um pênalti para cada lado. Mas pera aí? A Inter não teve um jogador expulso? Em desvantagem no placar duas vezes, os 'neroazzurri', para alívio de 'Massimo de Milano', reagem e buscam o empate. Elogios da crônica a Adriano e a Júlio Cesar. Este último, pelo visto, salvou a pátria interista. O campeonato é longo, eu sei, mas um dia a casa cai... Seis partidas oficiais, duas vitórias apenas.


Fiorentina 'Mutu' vence, com gol do romeno, o Catania. O Torino, do Walter, que só empata, segue a tradição e coleciona o quarto 'pareggio' em 4 rodadas. Eu já havia dito que a 'pareggite' da Inter de dois anos atrás era contagiosa. Depois de rondar os arredores de Gênova insistentemente nas duas últimas temporadas, o vírus 'quase' letal ameaça levar pânico e destruição para a cidade de Torino, colocando já em alerta os torcedores locais. Mister Novellino e seus comandados precisam se vacinar contra ela urgentemente, senão...


Um pulo na Bundesliga, onde meu radar detecta presença italiana em campo. Hoje, de volta aos palcos germânicos, o Bayern de Munique vence e bem o Karlsruhe, ex-time do hoje aposentado, Thomas Hässler, por 4 a 1. E ele, Luca Toni deixa sua marca. Será que ele já está melhor nas aulas de alemão? Acho que não vão deixar ele sair de lá mais não! Viva o Toni!!



Fotos do post: Virgilio.it / Gazzetta.it