domingo, 28 de outubro de 2007

A autosubstituição de Cassano!

Eu gostei dessa expressão. Não foi minha. Nem vou dizer que fiquei surpresa. De Cassano se pode esperar tudo. Inclusive que ele decida sozinho abandonar o campo de jogo sem falar com ninguém, nem com seu 'Mister'. E ainda arranjou confusão com Montella.

Cassano diz a Montella: 'Me deixa, cara! Eu saio na hora que eu quiser. Pirou? Sou o Cassano!'

Passados 38 minutos do primeiro tempo, a Samp já estava atrás do marcador e, segundo palavras do mesmo, 'estava muito chateado e arrasado com essa milésima contusão. Saí de campo para o vestiário porque meu mundo desabou naquele momento.' Hummm, sei. Será mesmo que ele foi capaz de pensar nisso tudo? Ah, fala sério!

Aguardo notícias da imprensa ainda hoje. A 'Domenica Sportiva' estará imperdível. Confesso, eu adoro ver o circo pegar fogo, desde que eu não esteja nele. Para mim, esse foi o acontecimento da rodada. Nada superou o 'circo do Cassano' de Bari Vecchia.

Havia decidido assistir à partida da Inter, mas fiquei tão indecisa que zapeei entre esse confronto e Milan-Roma. No fim, fiquei meio tonta e perdi o gol da Roma, marcado pelo Vucinic. E olha que a Roma estava sem Totti e o polivalente Taddei. De Rossi, relembrando seus velhos tempos de bad boy perdeu uma penalidade. Um dos comentários da turma da ESPN sobre o Milan me fez dar gargalhadas. A maioria fazia referência à 'juventude' do time rossonero. Em um determinado momento anunciaram: 'nesse momento substituição no Milan. Sai Paolo Maldini e entra Favalli. Um de 38 por um de 35! Não dava mesmo para fazer aquela diferença... Depois, o Ancellotti diz que está decepcionado, mas deprimido, jamais. Para o 'vice-treinador' do time, Silvio Berlusconi, o time está deprimido. 'O problema Sr. Silvio é que depressão se trata com Prozac. Não é um bom medicamento para atletas', diz Lady Cyntia, Psicóloga... Há o perigo do doping. Ao lado, a verdadeira sombra de Carlletto, seu vice-allenatore Silvio Berlusconi. O sorriso contrasta com a 'depressão Milanista'

Parêntese para o Parma que fora de casa derrota por 3 a 2 o Livorno. No final teve gol do Morfeo, aquele que de vez em muito dorme em campo. Hoje ele estava ligadão, ou teve um lampejo mais do que comemorado. O Livorno, poveretto, segue em último na tabela com apenas 2 pontos em 9 jogos. Situação crítica.

Empate sem gols entre Inter e Palermo. A Inter segue ainda no topo da tabela. Nem precisa dizer muito mais. O time perde por contusão o sérvio Stankovic e o brasileiro Júlio César. O Palermo bem que tentou, mas não conseguiu vencer. A Inter bem que tentou, e conseguiu o empate. Eu bem que tentei, mas não foi dessa vez que vi a Inter perder uma partida...



No fim de tudo, entre cruzamentos e bolas de um lado para o outro, tive meu dia de torcedora da Bundesliga, o Campeonato Alemão. O Bayern de Munique empatou na casa do Borussia Dortmund. O jogo teve um lance incrível. Demichelis chutou de fora da área, a bola bateu no travessão. No rebote, Klose chutou e novamente a bola pára na trave! Vou registrar que daqui para frente a alternativa viável à Serie A é a Bundesliga, já que a Sky não me ajuda muito com o Espanhol... Ao lado, no confronto de hoje, estavam os 'brazucas' Lúcio, capitão da equipe e ao fundo, Zé Roberto.



Fotos do post: Gazzetta.it / Sportal.it / Virgilio.it / FCBayern.de