quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Ave Panucci!

O blog 'Psicologia de um Vencido', para os íntimos 'PDV', inaugura hoje uma coluna de curiosidades lingüísticas. Nela tentarei de forma bem humorada comentar alguma expressão idiomática, provérbio ou decifrar, se possível, a origem de algum vocabulário que vejo lançado na mídia que, por algum motivo, captou minha atenção durante a semana. Vamos ver...


Semana passada, em Roma, um pequeno desentendimento entre o defensor Cristian Panucci e o seu treinador o toscano, Luciano Spalletti, foi o que me motivou a pensar a escrever sobre isso. Na coletiva de imprensa, o caso veio à tona e ele que não é bobo nem nada, saiu-se com uma frase muito conhecida: "I panni sporchi si lavano in casa."

Em bom português ele teria dito: "Roupa suja se lava em casa."
No idioma da rainha teríamos: "Don't wash your dirty linen in public."
Na língua de Cervantes: "Los trapos sucios se lavan en casa."
Para o Luca Toni incorporar no vocabulário dele: "Schmutziege Wäsche soll man zuhause waschen." Ufa!


Só para constar, o defensor saiu do treinamento e foi para casa sem comunicar ao seu treinador, que furioso, o excluiu da lista de convocados para a partida da Champions contra o Manchester United. Até aí tudo bem. Só que Panucci estava contundido e disse que seria inútil viajar com a delegação. Aí eu pergunto: por que tamanha confusão? Pergunte ao permaloso Spalletti... O que é permaloso? Irritadiço. Até a próxima!

'Muito prazer, eu sou o Panucci. Não mexa comigo porque eu respondo!'