quarta-feira, 17 de outubro de 2007

'A bitter taste'

Sabe, na nossa vida tem sempre aquelas pessoas que fazem você ver o lado bom de uma situação. Ando meio reclamona. São os hormônios, reconheço. Só que às vezes um desabafo cai bem. Posso?

Nessa semana, no dia do professor fui obrigada a trabalhar. Melhor, fui obrigada a passar a tarde toda numa escola para dar aula para as paredes! Isso. No dia 15, dia do professor, em que TODAS as escolas do Rio estavam fechadas. A cidade estava um deserto. Era dia do comércio também. Não havia ninguém na rua. Bem, passei a tarde acompanahada de Luísa e Primo Basílio. Menos mal.

---------------------

Hoje, a Seleção Brasileira joga no Rio. Todo mundo vai, menos eu. Já acordei com aquela sensação de desgosto profundo. Liguei para o meu pai. Ele me disse, 'minha filha, você verá tantos jogos na sua vida. Não fique assim. Lembra quando fomos ver Brasil e Argentina que você viu o Claudio Lopez e o Batistuta? O Taffarel? Demorou, mas você viu. E depois você foi para São Paulo e viu Brasil e Argentina de novo. Está no seu destino. Você verá Brasil e Argentina. Pode esperar.' Comecei a rir. Meu pai falando de destino?! Eu queria tanto estar lá para torcer e ver o Kaká, o Ronaldinho, até o rubro-negro Júlio César!

Ah, meu pai... Tomara que você esteja certo. Que eu verei muitos jogos na minha vida.

Gente, desculpe o desabafo. Mas eu estou muito, muito azeda com o fato de ter que trabalhar à noite hoje e perder esse jogo. Adoro o que faço, mas o que posso fazer? Eu quero ver o Brasil. Eu quero um dia não ter que trabalhar no único dia em que o 'professor' poderia ao menos ser reconhecido.

Estou me sentindo melhor... rs!

Lady Mafalda por um dia.

Avante Brasil e Forza Italia!!