domingo, 18 de novembro de 2007

'I'm invincible'

Bem, a frase não foi dita pelo homenageado em questão. A tamanha humildade com que ele entra e sai de quadra não o permitiria dizer algo do gênero. A bem da verdade, Roger, como já disse aqui duzentas vezes e mais uma com a de hoje, é o mesmo. Quando vence e quando perde, seu semblante é sereno, inabalável.


A frase vem do filme '1492 - A Conquista do Paraíso'. O filme retrata a visão romântica amerciana do descobrimento do continente por Cristóvão Colombo. Enfim, uma das personagens, acusada de levar o caos à recém descoberta terra prometida - de onde se tirava tudo para satisfazer o gosto excêntrico dos reis espanhóis e sua corte - sem ter como fugir da ira de seus perseguidores, atira-se de um precipício. Não sem antes intitular-se invencível. De fato, depois de sua morte, aquela 'América' virou uma balbúrdia...

E para Roger Federer, o quarto sucesso no torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada. O tenista espanhol, Ferrer não deveria sentir-se tão mal por ter sido derrotado. Perder para Roger é uma honra.

Federer e mais um troféu para sua 'humilde' coleção.