segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Por Um Dia, Queria Eu Estar No Egito

De O Globo.com:

LUXOR, Egito - A múmia do faraó Tutancamon foi retirada de seu sarcófago e revelada ao grande público pela primera vez na história neste domingo. A múmia ficará em uma urna transparente, protegida da poeira, da umidade e com controle de temperatura, em sua tumba no Vale dos Reis, na cidade de Luxor, no Egito.

- Com a colocação da múmia na urna, mandamos o rei dourado à vida eterna - disse Zahi Hawass, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades egípcio e impulsor deste projeto.

A múmia do "faraó-menino" tem o nariz chato, os dentes pronunciados e a cabeça redonda, constataram jornalistas internacionais que assistiram à transferência em cerimônia reservada à imprensa. Várias televisões, lideradas pela "National Geographic" e "Discovery Channel", gravaram o momento exato da transferência e transmitiram ao vivo em uma tela situada fora da câmara mortuária.

Neste domingo a História comemora 85 anos da descoberta da tumba pelo arqueólogo britânico Howard Carter, em 1922, no Vale dos Reis, perto da atual Luxor. Estima-se que apenas 50 pessoas viram o seu rosto, pois, até hoje, apenas seu sarcófago havia sido exposto.

Apesar de ser considerado um rei menor entre as dinastias egípcias, Tutancamon recebeu destaque pelos tesouros que foram descobertos em sua tumba, como a famosa máscara funerária e os móveis, que atraíram milhões de turistas para o Vale dos Reis e para exposições internacionais de seu sarcófago.

O grande público em geral poderá visitar a tumba a partir desta segunda-feira, dia 5, para ver o faraó mais famoso da história.

Tutancamon, que morreu no final da adolescência, comandou o Egito entre aproximadamente 1361 e 1352 antes de Cristo. Ele é o único faraó cuja tumba não foi saqueada na Antigüidade.



Muito prazer: Sou a múmia de Tutancamon