domingo, 16 de dezembro de 2007

'Papá Noel futbolero': Futebol e Bom Humor aos Domingos

Em tempo de festas e Natal, nada melhor do que uma entrevista com o Papai Noel para saber o que ele reserva para alguns personagens do mundo da bola. A fonte da entrevista é a revista 'Don Balón' dessa semana. E claro, o território que ele escolheu visitar primeiro é o país do Real Madrid, Barcelona, Atlético e Valência.

Segundo esse simpático velhinho, os pedidos foram muitos. Quase todos parecidos. Uns querem se livrar do rebaixamento, outros querem ser campeões. Entretanto, ele teme não conseguir contentar a todos de uma só vez. Como meu humilde blog é lido por um grupo seleto de pessoas, não haverá problema de vazamento de informações.

O primeiro pedido vem de Luiz Aragonés. Ele quer muito a Eurocopa. Papai Noel disse que pensará no assunto, porque caso a Espanha vença a competição, agüentá-lo será uma dura tarefa...

O presidente do Barcelona, Joan Laporta, levou um puxão de orelhas. Ele deve viajar menos e se distrair menos. Prestar mais atenção ao que se passa no departamento de futebol. Segundo o Noel, Laporta tem dentro de si um desejo de consertar o mundo, de querer ajudar os pobres. Só que para isso, já existe alguém responsável. Pelo visto, Santa Claus não quer concorrência...

Frank Rijkaard vai ganhar de presente o 'Código de Disciplina' do Barcelona. Esse livro de que todos falam, mas que ninguém viu até agora. Só assim, seus jogadores o respeitarão mais, e ele, finalmente, poderá implantar a ordem na casa dos catalães. Será? Bem, isso é entre Papai Noel e Sr. Frank.

Ronaldinho será surpreendido. Ganhará uma academia só para ele na sua faraônica casa, para que ele possa usá-la quando estiver longe dos treinamentos. Ele está precisando manter a forma...

Eto'o será agraciado mesmo. Já sabendo que sua coleção de carros chegou a 15 veículos, o distinto senhor de gorro vermelho reserva para o camaronês o modelo mais novo do Rolls Royce, já que esse é o único que falta na sua garagem, ou será estacionamento?

Pobre Henry. Mal chegou à Espanha, fez seu pedido e não será atendido. Afinal, no ano passado ganhou um plano de aposentadoria de 36 milhões de euros por 4 anos. Já é o bastante. Para quê mais alguma coisa?

Mijatovic, que ainda está em Madrid, ganhará um novo estoque de gel para os cabelos e um perfume de álcool para que possa ser burrifado no vestiário. Essa eu não entendi, não!

Robinho, como Eto'o, vai ganhar um objeto para sua locomoção, só que em campo: uma bicicleta novinha em folha. Uma para que ninguém possa pará-lo...

Para David Beckham, mesmo nos EUA, uma equipe de futebol porque aquela em que ele está não pode ser assim chamada...

José Mourinho vai ganhar de bandeja um pacote de ingressos para todas as óperas e eventos culturais de Barcelona. Ficará de reserva para quando ele voltar à cidade pela porta da frente...

Para Agüirre, do Atlético de Madrid, um relógio com cronômetro para que ele possa, desde já, marcar seu recorde de permanência no banco de reservas...

Para Agüero, uma camisa com a seguinte mensagem: Quem é Torres?

E falando nele, para não gerar ciúmes, Torres vai ganhar a sua camisa também. Nela virá escrito: De vermelho estou mais bonito. O branco não me caía bem...

Treinador de Torres nos 'Reds', Rafa Benítez poderá escolher entre um livro de gramática inglesa ou 15 jogadores espanhóis. Tudo para facilitar a sua comunicação em campo...

E para finalizar, o generoso homem do pólo norte reservou ao Koeman, o coach holandês do Valência, o livro 'Tintim em Perigo'. Opa, Tintim? Eu quero pra mim! Ah, Papai Noel, manda o livro dele pra mim. Eu me comportei bem nesse ano...

Fábregas: 'Esqueceram de Mim!'