quarta-feira, 12 de março de 2008

E Lady deu com a cara na porta!


Um fato para lá de inusitado aconteceu ontem comigo. Seria surreal, se não me conhecesse bem. De vez enquando parece que meu corpo flutua por aí e quando volta leva sustos...

Bem, saí de minha aula pela manhã. Não. Não estava com sono, mas estava com uma pressa... Como bem diz o ditado 'a pressa é inimiga da perfeição'. Tinha que ir à Livraria Martins Fontes no centro da cidade. Havia me comprometido a comprar um livro para um novo aluno.

Essa livraria fica em um prédio no meio da muvuca da cidade. Gente que vai e volta em uma velocidade impressionante. Você tem que parar, para alguém te dar passagem para você adentrar o local. Fiz isso e fiquei plantada na porta até que ela resolvesse abrir e me dar passagem.

Subi as escadas de ferro toda enrolada porque estava com uma bolsa enorme, quase uma mala. Kit básico de professora. Conversei com o vendedor, peguei o livro e desci para pagar. Ao sair da livraria tinha que passar pela tal porta novamente. E aí sabe o que me aconteceu?

A-ha! Ela demorou para abrir. Só eu não percebi isso. Estava com pressa e dei de cara nela! Um barulho e eu sem-graça com várias pessoas assustadas me olhando. Achavam que iria desmaiar ou então chorar porque foi um baita baque. Que nada! Voltei a mim e segui caminho. O máximo que fiz foi virar-me para o vendedor e acenar dizendo que estava tudo bem... Que mico!