quinta-feira, 13 de março de 2008

E Lady tomou banho de chuva!


Hoje novamente exercitei meu dom para situações incomuns nas ruas esburacadas da cidade. Por sorte, não foi tombo e nem salto quebrado.

Voltava da escola na Tijuca. Uma chuva torrencial. Daquelas de fechar o verão. Dessa vez não estava só. Acompanhavam-me a secretária da escola, uma professora e mais a irmã dela.

A travessia que fazemos até chegar ao ponto de ônibus é, digamos, crítica. A rua esburacada serve como ótimo depósito para as águas que caem 'delicadamente' do céu. Somando-se a isso, a velocidade dos carros que passam 'chovendo' para todos os lados. Saímos ilesas desse pedaço.

Entrei no ônibus e ao descer na Praia do Flamengo, caminhava tentando me equilibrar na calçada quando, de repente, fui vencida pelo ônibus que vinha em alta velocidade. 'Xuááááá' e tomei um belo banho... de água da chuva, da rua e do que mais sua imaginação puder alcançar. A blusa, de branca ficou acinzentada e a sandália dançava nos meus pés. A calça? Nem me fale! Foi direto para o varal. E os cabelos? Ah, grudavam na alça da bolsa, na corrente, no pescoço, enfim...

Eu juro que torci para que não chovesse nessa semana!