sexta-feira, 30 de maio de 2008

Ancora Con Noi


Imagens valem mais do que mil palavras.
O futuro ainda tem as cores da Sampdoria.
Ainda vale acreditar nos finais felizes.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Talk by Coldpaly

'Se você puder esperar: há coisas para se dizer'

O título do post é em alusão a um diálogo do filme 'Notting Hill'. Mas de romântico o post não tem nada. Ando sem tempo para o blog. Sinto falta de vir aqui mais vezes e escrever mais. Parece que o tempo curto é algo que anda afetando os blogueiros em geral. Por isso, para não perder o tempo das coisas, vamos a algumas notícias. O tema? Adivinhem?

O infeliz contemplado com o bilhete azul na Azzurra pré-Euro atende pelo nome de Riccardo Montolivo. Ele esteve em Coverciando por poucos dias. Andou, correu, suou a camisa, mas Donadoni resolveu deixá-lo de fora da lista de jogadores para competição, que começa daqui há uma semana, praticamente. Tem gente aí que se tivesse bola de cristal, ia trabalhar junto com o Mandrake. Não o francês que deixou o Trezeguet de fora... Aliás, o francês deixou de fora o Flamini e o Mexes. Vá entender cabeça de treinador de futebol!

Montolivo ao centro, elegante. De Coverciano para Pequim?

Sei que se colocar muitas fotos da seleção italiana, o sucesso não será muito grande. Entendo. Agora se colocasse a foto da mocinha que invadiu o treino do grupo nessa semana, a audiência do blog iria aumenatr consideravelmente...

Alberto Gilardino é oficialmente jogador da Fiorentina de Cesare Prandelli, que fora seu treinador em duas ocasiões na carreira: no Verona e no Parma. Bom para ele. Um estímulo para uma carreira que estava aos poucos se apagando. Tenho pra mim que na Fiore, Gila se reencontrará com o futebol.

Oficial não se pode dizer que é o adeus de Mancini da Inter de Milão. Um quase adeus. Acho que Massimo de Milano andou lendo este blog e outros por aí. Pensou, refletiu, e parece ter chegado à sábia conclusão de que uma mudança é necessária. A pergunta agora é: quem chega? Façam suas apostas. Mourinho já é dado como certo por várias fontes.

O 'Special One' está prestes a se tornar o 'Uno Speciale'?


E Leão deixou novamente mais um clube na mão. Tem coisas que nunca mudam...



Fotos do post: Gazzetta.it / Virgilio.it

terça-feira, 27 de maio de 2008

Esperando Maná parte 1



Uma linda canção dessa banda mexicana que brindará os cariocas com um show na cidade no início de junho. Labios Compartidos foi a faixa de trabalho do mais recente álbum do grupo intitulado Amar es Combatir, de 2006. OK. Não tão recente assim...

A música fez tanto sucesso, que em poucas semanas chegou ao topo das paradas das rádios latinas e inclusive, na lista de Hot Latin Songs da Billboard.

Divirtam-se.

sábado, 24 de maio de 2008

La rivincita 'giallorossa'

Pelo segundo ano seguido, a Roma sagra-se vencedora da Coppa Italia derrotando a Internazionale de Milão. Um duelo que vem se estendendo além das fronteiras do campeonato. Essa é a quarta vez seguida que os times se enfrentam. Até aqui, empate.

Destaque para o gol marcado por Mexes. Uma bomba de voleio, venenosa. Toldo deve estar procurando a bola no estádio Olímpico até agora. Rosella Sensi, administradora delegada do time da Capital, foi até ao gramado cumprimentar seus jogadores. Sorridente, despistou qualquer pergunta que especulava sobre uma possível venda da Roma para investidores americanos. Dona Rosella é uma dama. A dama do Calcio. Quando crescer, quero ser igual a ela!

Enfim, o Calcio tira suas merecidas férias. Parabéns à Roma. Em agosto, mais uma vez, os times se enfrentarão na abertura oficial da temporada, pela Supercoppa Italiana. Até lá!


Foto do post: Gazzetta.it

quinta-feira, 22 de maio de 2008

'Candy' by Iggy Pop



Ótimo fim de semana para todos!

quarta-feira, 21 de maio de 2008

They are the Champions!

Parabéns ao Manchester United. Campeão da UEFA Champions League temporada 07/08.

Após empate em 1 a 1 no tempo normal, com gols de Cristiano Ronaldo para o United e de Lampard para o Chelsea, os times partiram para mais 30 minutos de uma prorrogação cujo placar permaneceu inalterado. Desgastados fisicamente, após os 90 minutos de correria, suor e adrenalina nas alturas, os atletas pouco podiam fazer. Mesmo assim, tiveram tempo para brigar e Drogba, após um singelo tabefe em um adversário, deixou o campo de jogo contrariado.

Veio então a disputa de pênaltis. Uma loteria que acaba premiando a equipe com nervos e pontaria melhores. Foi assim, que o time da cidade de Manchester derrrotou o da capital londrina por 7 a 6. Destaque para a defesa de Van der Saar, que deu o título aos Red Devils. Curiosa a história do goleiro holandês. Defendendo as cores do Ajax Amsterdam, na temporada 95/96, também em uma disputa de pênaltis, foi derrotado pelos bianconeri da Juventus de Turim. Chegou a hora dele acertar as contas com a sorte e levantar o merecido troféu.

E na final de hoje, Ryan Giggs enfim supera a marca de Bobby Charlton em partidas oficiais pelo Manchester United. 759 jogos para o galês. Melhor maneira de comemorar o recorde não poderia haver.

Foto do post: UEFA.com

domingo, 18 de maio de 2008

Hora de dizer Ciao!

Terminados os principais campeonatos europeus. Entre lágrimas de alegria, pausa para alguns momentos de emoção. Atletas que abandonam os gramados após vitórias, outros abandonam com uma ponta de desilusão. E há aqueles cujos gols são escassos, mas que no apagar das luses, saem do palco ovacionados pela platéia.

No sábado, na última partida da Bundesliga, Oliver Kahn, eleito o melhor jogador da Copa de 2002, e segundo melhor no mesmo ano, despediu-se dos gramados. Ganhou de presente mais um super prato cravejado de pedras. Foi o 21º título nacional do Bayern de Munique e o 8º do goleiro, que venceu ainda 6 Copas da Alemanha, 1 Liga dos Campeões, 1 Copa da UEFA e 1 Mundial Interclubes. Pela seleção alemã, a glória maior vem do longínquo 96, quando o Nationalmannschaft venceu a Euro realizada na Inglaterra. Auf Wiedersehen!


Cafu despede-se do Milan com gol. Marcou o terceiro na vitória do time rossonero sobre a Udinese. Desde 97 na Itália, quando assinou com a Roma até 2003, Cafu conquistou dois scudetti, entre tantos outros títulos.
Seguindo os passos de seu conterrâneo, o lateral equerdo ex-são paulino, Serginho, deixa também o clube após 9 anos. Teve sua passarela na partida de hoje, quando substutuiu Inzaghi aos 36 minutos do segundo tempo. Adeus!


Em Portugal, Rui Costa sai dos gramados para a escrivaninha aos 36 anos. O meio-campo defendeu as cores de Milan, Fiorentina e Benfica, honrou as cores da camisa da seleção de seu país. Deixará saudosos adeptos benfiquistas. Foi na Fiorentina, onde venceu 2 Copas da Itália que o Senhor Costa viveu grandes momentos, formando uma dupla explosiva com o argentino Gabriel Batistuta. Seus 7 anos na Toscana são lembrados até hoje. Nem o Scudetto vencido com o Milan foi tão mágico e representativo para a carreira do Português. Em Milão, Rui tinha papel de coadjuvante, equanto que em Florença foi diretor, produtor e dividiu o papel de ator principal com Batigol. Para maiores detalhes sobre a carreira do jogador, sugiro o excelente post no blog Doce Ilusão (http://jp-doceilusao.blogspot.com/2008/05/ciao-maestro.html)


Dos gramados para as quadras de tênis. Nessa semana, a plurivitoriosa belga Justine Henin anunciou sua aposentadoria do esporte. Com apenas 25 anos, ela venceu 41 títulos, sendo que destes, 7 foram de Grand Slams. Segundo artigo da Gazzetta dello Sport, 'Justine foi a única capaz de superar o poderio de fogo das irmãs Williams. Conjugava fantasia, força, talento e determinação. Seus golpes permanecerão como os mais perfeitos produzidos nos últimos 15 anos', o que a faz ser comparada ao jogo estiloso praticado por Martina Navratilova. Au revoir!

Alex 'Bel' Piero e 21 gols

Alessandro Del Piero. Não dá para deixar de falar dele. Artilheiro da Serie A com 21 gols. Recorde de presenças com a camisa da Juventus. Recorde de gols pelo clube de Turim. Tudo isso personificado na presença fransina desse rapaz do vêneto. Seu físico nem de longe lembra o dos jogadores do futebol força praticado hoje em dia. Ele destoa dos seus colegas de setor pela classe e, sobretudo, pela dedicação de alguém que leva seu trabalho a sério e não se deixa levar por modismos e frases de efeito. Como ele, só existe um: ele mesmo. Del Piero merece todas as honras.

Há exatos 10 anos atrás, a Juventus era campeã da Itália pela 25ª vez. No ataque, Alex Del Piero e Filippo Inzaghi foram fundamentais para garantir o título à Vecchia Signora. Até então tinha sido a melhor temporada de Alex com a camisa da Juve. Internacionalmente falando, ele terminou como artilheiro da Champions League com 10 gols. E na Serie A marcou 21 vezes. Os mesmos 21 gols desta temporada. Coincidência? Eu chamaria isso de renascimento: una seconda giovinezza. Junto com Trezeguet, Pinturicchio formou uma dupla de ataque letal - 41 gols no total só na Serie A. Deixou boquiabetas as defesas adversárias com suas obras de arte. Afinal, como jogador de classe, ele não marca gols, ele os desenha e colore com a precisão de traços que só os grandes mestres foram capazes.

Como muitos fãs de Alex, espero ansiosa pala convocação da Nazionale para esta Euro. Por tudo o que fez nessa temporada e na anterior, o juventino merece estar lá. No banco ou em campo, os deuses do futebol agradeceriam por alguns minutos de seus toques e os torcedores nos estádios testemunhariam a passagem pelos gramados deste que é a história viva das glórias da Juventus de Turim da atualidade.

'Ibra'Nazionale de Milano: Campione d'Italia!

Grande Zannetti: Campeón!

Algo me dizia que seria esse sueco a decidir o título para a Inter. Ao vê-lo entrar em campo, não pude deixar de pensar que seria dele, muitas vezes massacrado por críticas, o gol da vitória do clube de Milão. Ele entrou, fez os dois gols e comemorou. Decretou o rebaixamento do Parma e destruiu as esperanças de título dos romanistas. Parabéns para ele. Não tanto para a Inter.
Ah, antes que me esqueça, de tudo que compõe o mundo interista, faço homenagem a um pessoa: o capitão do time, o argentino Zannetti. Com ele a Inter fica mais simpática.


'Bravo ragazzi', parla Mister Zenga.

Walter Zenga, goleiro de uma super Inter do passado. Assumui um Catania desacreditado e venceu o desafio de ser treinador em seu próprio país, mesmo com a desconfiança daqueles que duvidavam de sua competência. Com ele, o Catania permanece na Serie A.


A UEFA é um prêmio para os rossoneri. Não acho que a mereçam pelo conjunto da obra apresentada na Serie A. O Carlo Ancellotti motivador desapareceu. Sucumbiu às pressões pela repetição da campanha vitoriosa da temporada anterior na Champions. Foi aí que o time apostou todas as suas fichas. Apenas esqueceu-se de contar com o fato de que no futebol a caixinha de surpresas pode presentear e pode, também, desagradar. O todo poderoso time de Berlusconi foi-se... Uma pena que o Berlusconi voltou.


A Florença do Renascimento Calcio fala a língua de Prandelli

Cesare Prandelli: do drama à glória. Disparado o melhor treinador da Itália. Com ele a Fiorentina apostou alto. Investiu o dinheiro dos irmãos Della Valle em um projeto a longo prazo. Três temporadas, três vezes Europa e na última a Champions League, o prêmio maior. Achavam que o time não poderia se recuperar do golpe da eliminação da UEFA, e eis que ressurgiram, contando com a preciosa ajuda do Milan, que cochilou o campeonato todo e acordou quando já era tarde demais. Um Vieri renovado, mas que pecou quando mais se precisou dele. Um Mutu inspirado. Um grupo unido e consciente de sua capacidade. Um timoreiro que nunca abaixa a cabeça. Sempre olhando pra frente, ele, Prandelli, conseguiu mais uma vez. Bravo Mister!


O Parma. Equipe que já foi parte do seleto grupo das equipes grandes do Calcio. O grupo chamado de 7 sorelle, hoje não passa de 5, já que junto com a Lazio e seus problemas extra campo ligados aos seus ex-donos gananciosos, passaram a ser coadjuvantes em um campeonato que novas forças surgiram. Há algumas temporadas já vinha flertando com a segunda divisão. Fato é que quem rebaixou o Parma foram seus presidentes: Tanzi pela ganância e falta de caráter. Ghirardi pela inexperiência.

Assim, mais um capítulo de minha história com o Calcio termina hoje. Desde da temporada 94-95, acompanho sistematicamente todas as rodadas. Parece estranho, mas a verdade é que as manhãs de domingo de setembro até maio são sempre ocupadas com o futebol italiano. E melhor do que isso, conto com o respeito de amigos e família para essas duas horas solenes de festa e diversão.

O fim do Calcio será comemorado com canelloni. Até a próxima temporada!
Que venha a Euro.

sábado, 17 de maio de 2008

Grazie Raggazzi!

UEFA Cup: aqui vamos nós!

Para a Sampdoria o campeonato italiano 07/08 terminou hoje. Um empate em casa de 3 a 3 com a Juventus, garantiu o time na honrosa sexta posição com vaga na próxima Copa da UEFA.

Só resta dizer: 'Grazie'. Foi uma temporada com mais altos do que baixos. Novo treinador, nova filosofia de jogo. Alguns jogadores saíram do time. Outros entraram e souberam mostrar seu valor. Foi estranho não poder acompanhar a partida de hoje. Me deu uma pontinha de tristeza pensar que alguns atletas poderão dizer adeus à equipe sem terem ao menos festejado o fim da staggione em campo. Acabou sendo uma alegria contida.

Até a próxima.

terça-feira, 13 de maio de 2008

'O futebol do futuro'

Desenho feito por João Tiago para a revista Trivela. Ilustra bem como o futebol caminha em direção ao futuro...

Um jogador sendo perseguido por um árbitro?

Seguindo pelo mesmo lado, uma reportagem da revista Veja de 2006, anterior à Copa que seria realizada na Alemanha, chama atenção justamente para o aparecimento de diversos equipamentos eletrônicos que auxiliariam na resolução de lances duvidosos nos esportes de alto rendimento, lê-se aí futebol, vôlei, basquete e tênis, só para citar alguns.


Fonte: Revista Trivela de maio 2008.
Revista Veja de março de 2006.

domingo, 11 de maio de 2008

Milano è soto choc!

Materazzi e o pênalti defendido por Manninger: Che brutta figura!

Inter festejando o scudetto hoje? Que nada! Milan garantindo a vaga na próxima Liga dos Campeões? Que nada! O eixo do futebol mudou-se durante os 90 minutos deste domingo para a Toscana. A Fiorentina, dada como morta e enterrada depois da eliminação na Copa UEFA, venceu o Parma por 3 a 1 e voltou a estar 2 pontos à frente dos rossoneri. Mostra de que a última vaga para a Champions será fruto do trio sangue, suor e lágrimas. O Siena, que já garantiu sua permanência na Serie A, aprontou de novo. Semana passada venceu a Juventus em casa e hoje, colocou água no chope da Inter. Arrancou um empate com os neroazzurri em pleno Giuseppe Meazza! Um convidado mais do que indigesto para a festa.

Inter e Roma estão com suas vagas asseguradas na próxima Champions. Juventus e mais um entre Fiorentina e Milan jogarão as preliminares do torneio. Udinese e Sampdoaria estão garantidos na Copa UEFA. Catania, Parma e Empoli ainda lutam para permanecer na Serie A. O Calcio está chegando ao fim.



Ryan Giggs beija 'sua' dama!

Se na Itália não teve festa, na Inglaterra o cenário já foi bem diferente. Por lá, Manchester United e Chelsea acabaram com o suspense para o vencedor da Premier League. Os Red Devils conquistaram o décimo título sob a batuta de Sir Alex Fergunson. E Ryan Giggs tornou-se, junto com Bobby Charlton, o jogador que mais vezes vestiu a camisa da equipe, com 758 partidas disputadas. De quebra, para abrilhantar ainda mais a conquista, o galês deixou sua marca no score. Marcou um golaço!


Foi um domingo de fortes emoções. Mas ainda não é o fim. Vem aí a última rodada do Calcio, a final da Copa UEFA e a tão esperada final da Champions League!


Fotos do post: Gazzetta.it

sábado, 10 de maio de 2008

It's a Sin by Pet Shop Boys

domingo, 4 de maio de 2008

Cerveja e título alemão

Toni trocou, por uma semana, o vinho pela cerveja.

O Bayern de Munique, com direito a banho de cerveja, sagrou-se hoje campeão alemão ao empatar fora de casa com o Wolfsburg. Foi o vigésimo primeiro título do clube na Bundesliga. Mas olha que na partida eles flertaram com a derrota...

Para alegria de meu pai, o Real Madrid é campeón! Ele, que possui aquele famoso canal 128 da Sky e pode acompanhar as partidas de casa, ao vivo, vibrou muito hoje. Me deu bolo, mas foi por um bom motivo.

O sonho de comemorar o tricampeonato foi pro brejo hoje. Na itália, a Inter perdeu o derby para o Milan e adiou em uma semana a comemoração. E antes que alguém me lembre, a Sampdoria perdeu por enquanto a vaga da Copa UEFA para a Udinese. Nem vou falar nada...

O título de campeão paulista do Palemiras serve de consolo. Para comemorar, esta semana é a semana do verde. Não será dos pés a cabeça, mas usarei ao menos uma peça verde de segunda a sábado!
Uma pequena observação feminina: o chileno Valdívia é o mesmo depois de ter o cabelo raspado? Meu Deus, parecia que via outro jogador na TV. Um desconhecido, que de comum com o artilheiro, só tinha o nome.

'Psicologia De Um Vencido' recomenda

Um encontro com Tony Stark:

Nesse fim de semana fui ao cinema. Já estava ansiosa para ver o filme do Homem de Ferro. Depois de ler sobre ele e acompanhar algumas histórias da Marvel, como a mini-série 'Guerra Civil', nada mais me restava a não ser esperar para ver a super produção em película.

O tempo de espera foi bem recompensado. O filme é espetacular. Não considere a história dele. Esqueça. Considere o filme como um em que ele é o protagonista. E só. O que na verdade, é muito. Aventura na medida certa. Cenas de ação que te prendem na poltrona do cinema. Músicas saltitantes e atuações excelentes.

Logo no início do filme, Tony Stark, o 'playboyzinho' detestado por alguns e admirado por outros, aparece no Afeganistão, para onde vai testar a sua mais nova criação: um míssil de nome 'Jericó'. A cena inicial mostra carros ao longe, quase engolidos por montanhas altas e sem vegetação do cenário que parace ser mesmo algum deserto afegão. Ao som de 'back In Black' do AC/DC, uma explosão ocorre. Deste momento em diante, o filme é pura adrenalina.

A atuação de Robert Downey Jr. é perfeita. Ele convence no papel. Dá carisma ao Stark, ao mesmo tempo que dá a ele uma dimensão humana. Adiciona-se a isso uma pitada de ironia e tiradas cômicas que fazem a platéia dar boas risadas. No elenco ainda estão Gwyneth Paltrow e Jeff Bridges.

Uma consideração: Homem de Ferro coloca o universo dos super-heróis em contato com a realidade do século XXI. Não há mais a Segunda Guerra, a Guerra do Vietnã ou a Guerra Fria, nem mesmo a ameaça Nazista. Hoje o inimigo é de lá do Afeganistão, do Irã, Iraque. Pode estar até mesmo dentro de seus domínios. Não há dúvidas quanto à temporalidade da história e a forma como ela foi explorada nas duas horas de filme.

Um filme que vocês têm que assistir! Eu vou ver de novo.

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Apologize





I'm holding on your rope,
Got me ten feet off the ground
I'm hearin what you say but I just can't make a sound
You tell me that you need me
Then you go and cut me down, but wait
You tell me that you're sorry
Didn't think I'd turn around, and say...

It's too late to apologize, it's too late
I said it's too late to apologize, it's too late

I'd take another chance, take a fall
Take a shot for you
And I need you like a heart needs a beat
But it's nothin new
I loved you with a fire red-
Now it's turning blue, and you say...
"Sorry" like the angel heaven let me think was you
But I'm afraid...

It's too late to apologize, it's too late
I said it's too late to apologize, it's too late

It's too late to apologize, it's too late
I said it's too late to apologize, it's too late
It's too late to apologize, yeah
I said it's too late to apologize, yeah-
I'm holdin on your rope, got me ten feet off the ground...