segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Il Calcio Che Non Si Gioca, Si Parla

Essa é a nova coluna semanal do blog 'Psicologia de Um Vencido'. Nela, comentarei o que li nos jornais ou ouvi durante as transmissões do Calcio desta temporada. Procurarei aqui comentar o lado engraçado do futebol com as participações mais do que especiais deles, os artistas do espetáculo: os boleiros, os treinadores, os comentaristas e os jornalistas e quissá os blogueiros que também gostam de filosofar de vez enquando...


O Cemitério de Elefantes chamado 'Serie A'
Ontem, na transmissão da partida entre Sampdoria Vs Internazionale, o comentarista da Rai International falava da implicância dos ingleses com o Calcio. A dor de cotovelo deles é tanta que chegaram a apelidar o Campeonato Italiano de Cemitério de Elefantes, afinal, na Serie A estão aqueles jogadores que um dia foram atletas, ou enganaram bem os cronistas e jornalistas pelo mundo a fora. O elenco vai de Ronaldo a Ronaldinho Gaúcho, de Shevchenko a José Mourinho. Opa, esse último ainda tem muito que mostrar, mas a ira dos ingleses por ele ter deixado o Chelsea se fez sentir no comentário.

Sheva: 'Eu voltei!'


Sedorf em 'Sopa de Letrinhas'
Pela manhã, Sílvio Lancellotti, comentarista dos Canais ESPN, discutia com o narrador da partida entre Milan Vs Bologna a melhor pronúncia do nome do craque holandês Clarence Sedorf, que aliás, é casado com uma brasileira. Ele cismou que estava certo...


'Muda o país, mas os boleiros são os mesmos' com Sergio Volpi
Tudo bem gente, sou fã do Volpi e hoje o vi na TV. Para homenageá-lo reproduzo suas palavras em entrevista ao Canal de TV da Gazzetta dello Sport. 'Vencemos uma partida difícil. São três pontos importantes para nós...O Milan estava muito bem, mas o Bologna fez uma ótima partida, lutando e reagindo, enfim, fez o que devia fazer. Viemos aqui para fazer nosso jogo. Sabíamos que para jogar contra o Milan deveríamos permanecer concentrados os 95 minutos e conseguimos. Pedemos algumas chances e tivemos sorte, mesmo assim, fizemos um ótimo jogo.'
Enfim, palmas para o Volpi que conseguiu falar quase 3 minutos, algo raríssmo. Agora, muda o país, mas os boleiros são os mesmos. Esse papo de 3 pontos, adversário difícil, ótimo jogo e coisa e tal é universal. Hoje tive certeza disso...

Contrasto tra Sedorf e o inoxidável Volpi


Um convidado ingrato de nome 'Bologna'
Há vida nesta região Emiliana que não seja apenas restrita à culinária. Enquanto todos os refletores do mundo se voltavam para a estréia de Ronaldinho Gaúcho com a camisa do Milan em San Siro, o Bologna venceu o time da casa por 2 a 1. E Di Vaio tem faro de gol. Sei que ainda é cedo, cedo, cedo, mas aposto nele para capocanoniere da Serie A.

Di Vaio: 'O gol é minha casa!'


Fotos do psot: Sportal.it / Gazzetta.it