terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Gracias, amigo! Ritorno di Fiamma!

Juande Ramos e Schuster: Muy amigos

É. Ele conseguiu! Digamos assim, que Bernd Schuster tentou, tentou e enfim, foi mandado embora de Madrid. Do Real Madrid. Puxa, ele venceu um título espanhol na temporada passada. Mas as coisas andam mais difíceis para ele ultimamente.

O time vai de mal a pior no Campeonato Espanhol. Ruinzinho na Champions League. Melhor destino para o senhor alemão, impossível. Voltar para sua terra, ou para sua vila na Espanha e ver o campeonato da TV gozando de uma poupuda renda que a exoneração deve lhe oferecer.

Para o lugar dele, o ex-treinador do Tottenham Juan de la Cruz Ramos. Resta-me desejar uma melhor sorte ao senhor Ramos, visto que minhas apostas foram no Madrid para a La Liga. Sei que é difícil, mas como diz meu lema: 'Impossible Is Nothing!'.

------------

Enquanto isso, no Calcio, mais um treinador reassume seu posto. A bola da vez é o Walter. Sim, o Novelo de lã, Novellino, apelidado de Monzón pelo mundo.

Com uma campanha pífia, que o deixa na décima sétima posição, De Biase deixa o comando do Torino para a volta de Novellino. O time conquistou apenas 12 pontos em 15 rodadas. 9 derrotas, 3 empates e o mesmo número de vitórias.

Bem, parece que o destino de muitos treinadores na Serie A nas últimas temporadas é o de ser demitido e esperar... esperar... No fim, eles acabam voltando ao seu lugar de origem. O banco de reservas do time que lhe foi entregue no início de uma temporada.


Novellino: 'Eu voltei!!!'