terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Esse é Dele, Ninguém Tasca

Que Cristiano Ronaldo seria eleito o melhor jogador Fifa 2008 todo mundo sabia, mas quem acompanhou a cerimônia de entrega pelo SporTV, teve a nítida sensação de que os comentaristas da casa gostariam que a coroa fosse colocada em outra cabeça.

Chegou a ser constrangedor quando o jornalista/humorista Alex Escobar disse que Kaká e Messi eram mais completos que o português.

Quem acompanha futebol internacional percebe que é exatamente o contrário. Ronaldo domina todos os fundamentos de um meia-atacante, passa e chuta indistintamente com as duas pernas, é o melhor cobrador de infrações do seu time e ainda marca diversos gols de cabeça. Neste último fundamento, tanto o brasileiro quanto o argentino são deficientes. Além disso, o atleta do Barcelona só usa a perna direita para subir no bonde.

O camisa 7 do Manchester United só faltou fazer chover no ano passado. Marcou 41 vezes na temporada, sendo artilheiro e campeão da Premier League e da UEFA Champions League. Conquistou prêmios individuais como a Bola de Ouro e a Chuteira de Ouro da Europa.

Os outros argumentos de seus detratores também são contestáveis. Dizem que ele não joga bem com a camisa de Portugal e que costuma desaparecer em partidas decisivas. Mas não foi isso que Ronaldinho fez em 2004 e 2005? O gaúcho nunca brilhou como deveria pela Seleção Brasileira e mesmo assim levou o prêmio duas vezes para casa. Na época, não me lembro de ninguém na imprensa esportiva brasileira criticando seu feito. Nos Red Devils, Cristiano marcou contra Liverpool , Arsenal e Chelsea pela EPL, e Lyon, Roma e novamente Chelsea pela UCL, este valendo o empate na final do torneio.

Na verdade, o que pode ser questionada é a trajetória do trio e o futuro que terão pela frente, mas não restam dúvidas de que em 2008 a estrela que mais brilhou foi a do garoto nascido na Ilha da Madeira.

Seleção FIFA 2008: Com os 23 indicados pela entidade máxima do futebol não é possível formar um selecionado. No entanto, tomando os melhores da mesma lista como base e apontando outros jogadores que foram bem ao longo ano, temos a seguinte equipe:
Casillas; Maicon, Terry, Vidic, Evra; Marcos Senna, Xavi; Messi, Kaká, Ronaldo; Torres.
Técnico: Sir Alex Ferguson.

Colaborou: Michel Costa


Cristiano Ronaldo no lugar onde sempre sonhou estar


Foto do Post: Globoesporte.com