domingo, 26 de abril de 2009

'PDV Reflections'

Uma tarde. Um livro dando sopa na estante. Começa a leitura. Uma frase no meio de uma história, desencadeia uma onda de pensamentos. Nem sempre puros, mas sinceros. Nem sempre sábios. Apenas vagantes. E quissá passageiros...


Eles nem imaginavam o que viria a seguir...


Na Inglaterra dos idos de 1911, as conquistas trabalhistas obtidas pela classe operária iam lhes rendendo mais horas para serem aproveitadas como lazer. O futebol já era o esporte preferido dessa parcela da população. Nem as mais acaloradas discussões ocorridas dentro do Parlamento, tinham a repercussão de uma partida disputada pelos times locais.

Também nessa época, os parlamentares ingleses passaram a receber remuneração pelos serviços prestados à Coroa. Uma caricatura de um jornal popular flagrava o diálogo em que um trabalhador virava-se para o outro e dizia:

- Gente como nós... tem que pagar a ele 400 libras por ano. Fico louco só de pensar que poderíamos ter dois zagueiros de primeira classe pelo mesmo dinheiro...

Abril de 2009, numa partida válida pelo Campeonato Inglês, enfrentam-se Manchester United e Tottenham. Em campo estão estrelas do calibre de Wayne Rooney e Cristiano Ronaldo. Esse último, o atual melhor jogador do mundo. O salário dele gira em torno de 200 mil libras por semana!

Esses dois trabalhadores vivendo no mundo de hoje ficariam assustados em ver as cifras astronômicas que giram no mundo do futebol...