sexta-feira, 19 de junho de 2009

Fogo!

Quase não deu para acreditar quando o menino exclamou!

- Faço o teste hoje!

A professora entregou-lhe a prova escrita e desejou-lhe boa sorte. Dentro dela, ela tinha a sensação de que essa idéia não era má, mas parecia ser meio inútil.

De vez enquando ela passava perto da carteira onde ele se sentava para, de relance, via algumas respostas. Depois de uns 10 minutos ele não havia perguntado nada. Isso era um bom sinal, mas no caso dele, uma incógnita.

Terminada aquela prova, havia mais uma. O menino deveria escutar um cd para escolher as respostas para perguntas dadas, identificar as figuras correspondentes ao que ouvia e no fim, um ditado.

O assistente da professora providenciou o discman e o fone de ouvido. Enquanto isso, o pequeno olha a prova que está prestes a fazer e fiz inúmeras perguntas que são intermediadas por comentários sobre a Fúria Espanhola, que, na opinião do 'jovem cronista esportivo', é a melhor seleção do mundo. Não se ousou discordar.

O discman é conectado com o adaptador e o cd e colocado lá dentro. Tudo pronto. A prova vai começar.

Subitamente um cheiro estranho invade a sala. O nariz dos alérgicos da turma é poderoso. Parece que o cd player e o adaptador não queriam se entender naquela manhã e o menino então morria de rir com o assistente tentando descobrir o que poderia estar acontecendo. O laudo técnico dizia:

- Aparelho prestes a queimar...

Macgyver, fera na arte de operar milagres nas condições mais desfavoráveis, interveio. Para ele, o aparelho apenas precisava de pilhas novas. Foi até a secretaria e solicitou pilhas. Foi prontamente atendido.

Voltou para a sala e as colocou no aparelho. Nada dele funcionar. E desta vez, o atestado emitia um laudo ainda mais sério:

- Aparelho em processo de ...

- Cuidado! Há fumaça saindo dele! Gritou o assistente da professora, que até o momento, permanecia em estado de relaxamento e contemplação búdica.

Eis que ela é despertada não pelo cheiro da fumaça ou pelo fato do aparelho estar se queimando, mas pelo grito do seu ex-aluno e agora colaborador. A reação dela foi imediata, soltou um grito ainda maior e derrubou o aparelho no chão. De nervosa que ficou, seus olhos arregalaram-se e os alunos começaram a rir. Logo, logo, ela pensou tratar-se de uma brincadeira.

Seu aluno então disse:

- Se o discman não estava queimado, depois desse tombo, acabou-se de vez! E todos começaram a rir. Até a professora.

E não parou aí. O rapaz continuou:

- E agora? Vai dizer que a Espanha não é a melhor seleção do mundo ou vai continuar dizendo que essa porcaria da Itália joga alguma coisa? Hein? Hein? ...


Assim, acabou mais uma aula da turma do 'Clube do Bolinha e Duas Ladies'. Segunda-feira, essa mesma professora deverá acertar as contas com o cronista esportivo da turma, que aliás, a presenteou com o bonequinho do Ibrahimovic. Ou ele pede o brinquedo de volta ou vai passar o resto do ano fazendo piada porque a Itália perdeu do Brasil!!