sexta-feira, 31 de julho de 2009

'There is still some fight in me yet'

"...football, a love that burns within me and will never fade."

O 'Blog PDV' presta homenagem a Sir Bobby Robson, morto aos 76 anos após longa batalha contra o câncer. Sir Bobby deixa de legado um centro de pesquisas contra a doença, o 'The Sir Bobby Robson Cancer Trial And Research Centre' no Hospital de Newcastle e toda sua história no futebol.

Essa é uma simples homenagem a um grande homem para o futebol de seu país. E que ficará eternizada aqui neste espaço.

Sir Bobby Robson 1933-2009


Tudo começou aqui...




No Ipswich Town venceu a Copa UEFA de 78


Treinou Ronaldinho no Barcelona


E 'criou' Mourinho.


No Newcastle foi jogador...


E treinador mais que admirado


Aprendeu a falar português no Porto


Fez da Inglaterra super na Copa de 90


Domou Gascoigne


E voltou àquele que sempre chamou de lar


É um dos Cavaleiros do Império Britânico


Ganhou o Sports Awards em 2007


Tem estátua em Ipswich Town


E em 2008 ganhou a chave da cidade


Levantou fundos para sua fundação exaustivamente


Nunca desistiu de lutar pela vida e pelo futebol


Descansa em paz, mas permanece na memória dos que amam o futebol

Obrigada, Sir Bobby!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

de Charles Baudelaire


Perfume Exótico
Quando eu a dormitar, num íntimo abandono,

Respiro o doce olor do teu colo abrasante,
Vejo desenrolar paisagem deslumbrante
Na auréola de luz d'um triste sol de outono;

Um éden terreal, uma indolente ilha
Com plantas tropicais e frutos saborosos;
Onde há homens gentis, fortes e vigorosos,
E mulher's cujo olhar honesto maravilha.

Conduz-me o teu perfume às paragens mais belas;
Vejo um porto ideal cheio de caravelas
Vindas de percorrer países estrangeiros;

E o perfume sutil do verde tamarindo,
Que circula no ar e que eu vou exaurindo,
Vem juntar-se em minh'alma à voz dos marinheiros.

Charles Baudelaire, in "As Flores do Mal"
Tradução de Delfim Guimarães

quarta-feira, 29 de julho de 2009

He's Back!

A situação delicada, devido ao acidente envolvendo o piloto Felipe Massa, mais a gratidão ao time, fizeram com que Schumacher aceitasse o desafio de voltar a guiar o cavalino rosso. 23 de agosto é o dia do retorno às pistas. GP da Europa a ser realizado em Valência, Espanha.

Schumi olha para o carro e pensa: 'Será que consigo de novo?'

O 'Blog PDV', eterno órfão do tedesco, lhe dá as boas-vindas. Mas que fique claro, o lugar é do Felipe e o retorno dele, caso ocorra, será muito comemorado por aqui.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Força Felipe


Estou torcendo por você!

A Caloi de Ibra

"Hay muchos grandes clubs, pero sólo el Barça es especial"

Cuide bem de sua bicicleta, Ibra. Vocês foram capazes de levar mais de 60.000 pessoas ao Camp Nou.

Em tempo...
Io parlo italiano e non vado a Roma...

domingo, 26 de julho de 2009

A Vitória do Amor Incondicional

O Flamengo vence o Santos na Vila Belmiro, fato que não ocorria desde o meu primeiro ano de vida. Sem o comando de Cuca, Andrade exerce a função de interino pela enésima vez. Me pergunto então, por que não dar uma chance a um cara que vive e respira a Gávea a tantos anos? Ele bem que merece. E foi emocionante vê-lo com os olhos marejados comentando nos microfones da Globo sobre esse feito do time que hoje, fora comandado por ele. E claro, dedicou a vitória ao Zé Carlos, ex-goleiro do Fla e Seleção Brasileira, falecido na última sexta-feira, vítima de câncer. Um gesto bonito vindo de alguém genuinamente rubro-negro. Já tá mais do que na hora de dar ao Flamengo uma cara de Flamengo.



Obrina. Ah, o Obina. O novo xodó do 'Blog PDV'. Agora sim entendo porque os rubro-negors diziam que ele era melhor que o Eto'o. Com ele não tem tempo ruim em Presidente Prudente ou em lugar nenhum (exceto a Gávea), o negócio dele é estufar as redes e tirar da torcida verde o grito sufocado de... goooooooolllll. Ganhar do Corinthians não tem preço, gente...
Perguntinha que não quer calar: Ronaldo jogou?
A foto ao lado mostra um momento que está se tornando comum lá para os lados do Palestra Itália. O negócio do Obina é trabalho, meu filho!


Ibrahimovic já vai tarde. E agora não tem mais desculpa de que não ganha nada na vida. Depois de ser penta campeão na Itália - algo que para ele deve ser desprezível- o sueco chega à corte do Barcelona, campeão da Liga Espanhola, da Copa del Rey e da Champions League para então, esperar que o Barça dê a ele o brinquedo que falta na sua coleção. Ele fará o papel da criança pidona e pirracenta. Se no final do ano não ganhar a Caloi dele - muito bonita, por sinal- ele vai chorar, reclamar e dizer que precisa ir para uma família que dê a ele mais brinquedos, especialmente esse. Mas o 'blog PDV', que sempre admirou o poder de fogo do Zlatan, deseja ao artilheiro boa sorte. Que ele receba tantos brinquedos quanto ele mereça. Eu disse, mereça.

Sinto que ventos de nova torcida se aproximam da Senador Vergueiro. Será? De novo?

Ótima semana para todos!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

O Dia Em Que Lady Rocks!!!

Megadeth em versão pop. Acreditem que foi aí que os integrantes da banda começaram a se desentender. O que foi uma pena. Essa formação clássica da banda era a que mais gostava.Dave Ellefson, Marty Friedmann e o inconfundível Dave Mustaine acompanhados de Nick Menza na bateria.


Soundgarden em início de carreira. Ouvi essa música a primeira vez e logo de cara aderia ao movimento 'grunge'.


Black Sabbath. Não há nem muito o que dizer dos vovôs que levavam o rock muito a sério. Eu? Só digo que conheci esse som há muito, muito tempo atrás. Era criança ainda e via esse povo dark na tela da Tv e pirava. Gente, o que dizer de uma menina que levou essa letra maluca para o professor de inglês traduzir? Se eu não gostasse de rock 'n'roll, não seria eu mesma.


What is this that stands before me?
Figure in black which points at me
Turn around quick, and start to run
Find out I'm the chosen one
Oh nooo!
Big black shape with eyes of fire
Telling people their desire
Satan's sitting there, he's smiling
Watches those flames get higher and higher
Oh no, no, please God help me!
Is it the end, my friend?
Satan's coming 'round the bend
People running 'cause they're scared
The people better go and beware!
No, no, oh God, no!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

A Bola Rola no Mundo

O Real Madrid jogou partida amistosa na segunda-feira. Era a estreia de C.Ronaldo com a camisa merengue. Karim Benzema foi quem marcou o gol da vitória do Madrid. Na galáxina madridista, quem brilhou foi a estrela do francês. Resta saber como os dois vão se entender dentro de campo, porque fora dele, os dois andam em sintonia com... a moda!!


Nos Estados Unidos, a Internazionale de Milão de José Mourinho perdeu para o Chelsea de Carlo Ancelotti por 2 a 0.


No Brasil, Muricy Ramalho acerta sua volta ao futebol. Vai dirigir o Palmeiras. Já tem gente sonhando com a conquista do Brasileirão por lá... Fato é que Muricy, depois de cozinhar os dirigentes palmeirenses em banho-maria, aceitou mudar a cor da comissão de frente do seu arco-íris. Sai o vermelho e entra... o verde!!

Vanderley Luxemburgo (que não quer lixo, só luxo) volta ao Santos depois de apenas alguns dias desempregado. Entra ano e sai ano, Vandeco segue firme no seu prpósito de não deixar saudades por onde anda.

E o Fluminense tem de volta, quase um ano depois, o responsável por suas mazelas, Renato Gaúcho. Pela quinta vez, Renato, que se define no Twitter como um 'eterno pegador' tem que mostrar serviço e pegar esse time do Flu de jeito, antes que ele saia dos trilhos novamente.

Falta 1 dia para o dia de Lady!

domingo, 19 de julho de 2009

Tempo Rei

Relaxar. É tudo o que eu quero nestes poucos, mas preciosos dias de férias. Quero fazer como hoje, acordar às 10, tomar café e poder abrir um livro para ler ainda na cama quentinha. Depois, ligar a TV e ver um filme legal. Me deu uma saudade do Batman e seu 'Cavaleiro das Trevas'.

Quem sabe, tirar o pó do tênis e dar uma volta na praia e aproveitar esse dia de pista livre no Aterro do Flamengo.

Talvez possa apenas sentar no sofá e imaginar que estou num castelo, como esse aí da foto ao lado, aproveitando o frio verâo escocês, bebericando um café quentinho e admirando a bela paisagem que se posta diante dos meus olhos.

Ouvir uma música leve que me faça fechar os olhos e sentir cada nota penetrando no meu ouvido num conjunto de sensações que evoquem dentro de mim o sentido de paz. Paz de espírito que se transforma em tranquilidade de viver.

'...Tempo Rei!
Oh Tempo Rei!
Oh Tempo Rei!
Transformai
As velhas formas do viver
Ensinai-me
Oh Pai!
O que eu, ainda não sei
Mãe Senhora do Perpétuo
Socorrei!...'

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Poema de 7 Faces

Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.
*

As casas espiam os homens
que correm atrás de mulheres.
A tarde talvez fosse azul,
não houvesse tantos desejos.


O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas pretas amarelas.
Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.


O homem atrás do bigode
é serio, simples e forte.
Quase não conversa.
Tem poucos, raros amigos
o homem atrás dos óculos e do bigode.


Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus
se sabias que eu era fraco.


Mundo mundo vasto mundo,
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.


Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo.


* Vai, Cruzeiro! ser vice na vida!
Poema de Carlos Drummond de Andrade, mineiro de nascença. Carioca por opção.
Apenas uma singela homenagem ao Cruzeiro, que representou dignamente o Brasil na final da Libertadores da América. Nem sempre se pode vencer.

terça-feira, 14 de julho de 2009

A Capa Escura

A capa escura denuncia. Faz frio esta noite. Não há nuvens no céu e poucos se aventuram a sair pelas ruas a procura de diversão. Pare ele não é assim. O vento gélido e a escuridão não o impede de olhar o movimento lá fora.

Entra no táxi e pede ao motorista que o leve rumo à Praça Kenynton. Ao chegar ao local, paga a corrida e logo sai em direção ao caminho que corta a praça no sentido sul. Retira do bolso do casaco um objeto. Com ele, corta seu pulso. O sangue jorra e rapidamente se espalha no chão, fazendo perfeito o contorno de seu corpo.

A polícia chega rapidamente ao local. Alguém acompanhou toda a cena e chamou os policiais. Não havia dúvidas. Suicídio. Mas quem é a vítima? Por que ela tirou a própria vida? Perguntas, muitas perguntas.

Jim Gordon é um daqueles comissários de polícia que não conseguem se aquietar ao ver uma cena assim. Sua cabeça está fervilhando. Mas está cansado. Passara a noite em claro num plantão que até aquele momento parecia camainhar para um fim tranquilo. Só que em Gotham City as coisas nem sempre são o que parecem.

Sua equipe inicia os trabalhos. Ainda teria tempo para almoçar com seu amigo Bruce Wayne naquele dia? Sim, o que se pode fazer com um cadáver jogado no chão? A resposta estava com os peritos, não com ele.

Conversando com Bruce, Jim nota que alguém mais passara a noite em claro. Pensou consigo que na certa, Bruce se divertia com alguma bela mulher enquanto ele estava sentado, acompanhado de uma xícara de café frio no meio daquela bagunça organizada do departamento de polícia.

Naquele dia, no noticiário da manhã, falava-se da morte de um homem não identificado na Praça Kenynton. Descobre-se também que um homem não volta para casa depois de uma noite na rua. E que como ele, mais outro avisa pela secretária eletrônica que ficará até tarde no escritório e não volta para casa, e tem ainda o caso de mais um homem que sai de casa só com a roupa do corpo, dois dias atrás e não dá notícias desde então. Histórias comuns numa cidade incomum. E o dia está apenas começando...

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Do You Have a Little Time Fo Me?



Ótima semana para todos.

domingo, 12 de julho de 2009

A Proposta

Sandra Bullock é atriz de comédias românticas. Que mal há nisso? Para mim, nenhum. Ao contrário. Seus filmes, que tem esse apelo popular, sobretudo para as mulheres, rende risadas e pequeninos momentos para reflexão.

Fui ao cinema ontem à noite, certa de que teria os meus, pois todas as vezes que assisto filmes semelhantes, confesso, imagino uma situação destas acontecendo comigo. Sei que não sou a única a me sentir assim, pois esses filmes são feitos para manter em dia o 'Complexo Cinderella'.

O filme em si é a história de uma executiva durona, prestes a ser deportada para o Canadá. Sob pressão e vendo seu trabalho, sua carreira e sua reputação ameaçados, ela propõe ao seu assitente a seguinte proposta: eles se casam para que ela obtenha a cidadania americana e possa permanecer no país. O detalhe é que ela tem o poder de detonar seus funcionários de forma implacável e cruel. É metida e não parece ter muitos amigos. Por incrível que pareça, o rapaz aceita, em troca de um cargo melhor no futuro.

O tom engraçado do filme é dado pelos momentos de falsa aproximação do pretenso casal, principalmente quando ela viaja para conhecer a família de 'seu noivo'. Para isso, Sandra é excelente. Ela consegue como poucas atrizes dar vida às suas personagens cômicas fugindo de clichês à la Renè Zewellger e sua Bridget Jones.

Esqueça a idéia de ver um filme diferente. Tudo nele é feito para trazer a aura de verossimilhança, quando confrontado com outros do gênero. Tem uma hisória previsível e um final em nada surpreendente. O típico filme americano, produzido para mera diversão. Bem, cinema é diversão, muitos vão dizer.

Desta forma, de fronte a situações embaraçantes que fazem o público dar boas risadas, do filme emerge um convincente casal, sem química alguma. A história casa perfeitamente. Até que a megera transforma-se numa princesa. São os momentos de fraqueza da personagem de Bullock, Margareth, que permitem que ela seja vista e admirada por seu par, Andrew. E me pergunto, não seriam esses momentos de delicadeza e juventude que nos permitem sermos vistos como seres humanos?

Minha resposta é sim. Mas existe aí um componete também humano que emerge no momento em que tentamos nos abrir para as relações: o medo da exposição, o receio de sermos vistos pelo outro da forma que somos, sem a 'maquiagem' que usamos dia-a-dia, seja no trabalho, como colegas, seja com amigos numa mesa de bar, ou mesmo com nosso companheiro, namorado, marido, ficante, o que seja.

Minha reflexão, apesar de ter brotado no momento em que via uma comédia romântica passa por aí. E talvez esteja em sintonia com meu momento atual. Será que consigo viver e me aceitar da forma que sou? Será que ao me olhar no espelho, não projeto para mim desejos que não fazem parte do meu jeito de ser para ser aceita com bons olhos pelas pessoas? Aonde entra o que eu quero mesmo, genuinamente para mim? Para minha vida? Uma pergunta ainda sem resposta.

Você deve estar se perguntando se recomendo o filme ou não? Levando-se em conta que meu público é masculino, não acho que vocês achariam graça no enredo. Mas acreditando que vocês não vivem sozinhos, terão momentos divertidos ao lado de seus pares, podem crer.

Ao sair do cinema, acabei rindo ainda mais, pois me descobri uma mulher que ainda tem a capacidade de sair de casa para ir ao cinema, sozinha e se divertir ao olhar para o lado e ver que mesmo achando que estou perdida no tempo, não sou a única.

sábado, 11 de julho de 2009

Touched By The Rain


Existe algo de belo na chuva quando a vejo cair do céu. Depois de algumas semanas voltou a chover no Rio. Enquanto estava deitada na sala, quase adormecendo, ouvi ao fundo o som das primeiras gotas respingando na janela.

Curioso é que adormeci e sonhei que ouvia ao fundo uma música familiar e que há muito tempo não escutava. Curiosa a vida. Você tenta entender o porquê de certas coisas acontecerem, sem se dar a chance de vivê-las.

Tive essa senação gostosa de me levantar e tomar um delicioso café. Fresquinho e quentinho. Em seguida, coloquei a música para tocar. Salve Guilherme Arantes neste sábado frio e chuvoso. Enquanto escrevo, ela, insistente ainda cai lá fora. No fim, tive um dia muito legal, premiado com a magia do toque da água gelada sobre minha pele.

'...As pessoas
Sempre têm
Chance de jogar
De novo e errar
Ver o que convém
Receber alguém
No seu coração
Ou não!
Infelizmente nem tudo é
Exatamente como a gente quer...

Deixa chover
Ah! Ah! Aaaaaaah!
Deixa a chuva molhar
Dentro do peito
Tem um fogo ardendo
Que nunca vai se apagar...'

quinta-feira, 9 de julho de 2009

New Home

Sergio Volpi foi apresentado hoje oficialmente como jogador da Reggina Calcio para as temporadas 09/10 e 10/11.

Querido por Walter Novellino, Volpi reedita com Monzón a parceria de anos de Sampdoria, Piacenza e Venezia na tentativa de trazer o clube da Calábria de volta à Serie A.

Não era difícil imaginar, dado o histórico de ambos, que Volpi seguiria Novellino desta vez. O treinador não foi muito feliz em sua aventura em Turim e o mesmo pode se dizer do jogador Bresciano em Bologna, sobretudo após os casos de agressão sofridos por ele e sua família por parte de torcedores mais exaltados.

Desejo boa sorte ao meu eterno 'Capitano' e anuncio, em exclusiva, que o 'Blog PDV' na próxima temporada seguirá também o Campeonato da Serie B. Forza Reggina! Acredito que o mar será uma bela inspiração para um futebol mais brilhante por parte de Sergio Volpi.

Há 3 anos

A Itália conquistava o quarto título mundial de futebol. Aos poucos a data vai perdendo sentido, num país em que o campeonato de futebol vai perdendo cada vez mais seus craques e sua credibilidade perante os fãs de futebol. Mesmo assim, para mim que esperei tanto para comemorar, essa data não será esquecida jamais. É como se comemorasse num mesmo mês dois aniversários.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Home is Where You Hang Your Hat



Falta pouco...