domingo, 4 de outubro de 2009

'PDV en Férias'


Queridos amigos e leitores, o 'Blog PDV' entra de férias por algum tempo, que não consigo especificar qual será. Não foi uma decisão fácil de tomar, mas sem dúvida, é a mais necessária neste momento.

Como vocês sabem, estou cursando Pós-Graduação. Pensava que conseguiria dar conta dos estudos e ao mesmo tempo passar meus fins de semana acompanhando os acontecimentos do mundo, sobretudo, os esportivos. Mas não. Cada vez mais me perco em coisas que me desviam de meu foco e no fim, acabam me trazendo angústia.

Silenciosamente me dei conta de que o período de estudos está acabando e eu preciso produzir um trabalho, cujas ideias brotam como grama em estádio de futebol, mas que se soltam ao sinal da primeira chuva. Eu não consigo escrever nada!

Já perdi a conta de quantas vezes disse à minha orientadora, aquela mulher paciente e dedicada, que continuo fazendo minhas leituras e leio nas linhas dos e-mails sempre pontuais: - Você deve escrever. Precisa colocar suas ideias no papel. No início, dava de ombros, mas agora, sinto surgir em mim uma ponta de desespero.

As datas já foram divulgadas. Não há mais como fugir. A frase da professora ecoa na minha cabeça tão logo me deito para dormir. Preciso concretizar em bites e bytes meus pensamentos. Colocá-los em documento Word e depois anexá-los no próximo e-mail que enviar.

Isso implica em renúncias. E percebo que o tempo que demoro para produzir um post é muito maior do que o que venho dedicando ao meu próprio trabalho. Terei todo tempo do mundo para tuitar e blogar, entretanto, não disporei do mesmo para decidir quando e sobre o que refletir. Temo pelo pior: fazer um trabalho medíocre, enquanto poderia fazer deste o primeiro de muitos trabalhos acadêmicos de qualidade. Confesso, minhas exigências são altas.

Assim, optei pelo distanciamento do blog. Do meu blog. Espero poder ler e comentar o que vocês escrvem. Não será com a mesma frequência, mas estarei aí. E que janeiro chegue logo, pois sei que minha vida sem o blog será um pouquinho mais vazia. Até breve.